Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Arce está próximo de ser anunciado como técnico do Cerro Porteño

Assunção (Paraguai)

Ídolo de Grêmio e Palmeiras, o ex-lateral paraguaio Arce está muito próximo de ser anunciado como o novo técnico do Cerro Porteño, que demitiu o uruguaio Jorge Fossati após mais um tropeço na Copa Libertadores da América neste meio de semana.

A expectativa da diretoria do clube paraguaio é a de que, com a contratação do treinador, o time possa vencer na competição continental. Atualmente, o Cerro está na última colocação em seu grupo, com nenhum ponto conquistado até agora, e nesta quinta recebe o Santa Fé, da Colômbia, em jogo decisivo.

Valdir Espinoza, que já teve ótima passagem como comandante da equipe paraguaia entre os anos de 1987 e 1988, 1992 e 1994 e 2007, comemorou a chegada de Arce. “Acredito e torço para que o Arce seja campeão com o Cerro. Vai dar certo”, escreveu, através do seu perfil oficial no Twitter.

Carreira: com 41 anos de idade, “Chiqui” Arce, como atleta, conquistou as Libertadores de 1995 e 1999, com Tricolor e Verdão, respectivamente. Já à beira do campo, teve passagens irregulares pelo Rubio Ñu e até pela própria seleção do Paraguai. Em 2011, Arce passou breve tempo na Academia de Futebol para uma espécie de 'estágio' com Felipão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade