Futebol/Liga dos Campeões da Europa - ( - Atualizado )

Arsenal tenta milagre, mas Bayern de Munique avança mesmo derrotado

Munique (Alemanha)

O Arsenal bem que tentou aproveitar a atmosfera de religiosidade desta quarta-feira, mas o ‘milagre de Arsene Wenger’ ficou para uma próxima ocasião. Depois de levar 3 a 1 do Bayern de Munique em Londres, o clube inglês visitou os bávaros na Allianz Arena, venceu por 2 a 0, mas não conseguiu se classificar para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, no dia em que os cardeais da Igreja Católica elegeram o argentino Jorge Mario Bergoglio como novo papa.

Mesmo perdendo uma invencibilidade de 23 partidas envolvendo Champions, Campeonato Alemão e outras ligas nacionais, o Bayern de Munique garantiu sua vaga nas quartas de final da principal competição continental, assim como o Málaga, que eliminou o Porto nesta quarta-feira. Já o Arsenal, novamente caiu de pé. Em 2011/2012, o clube inglês levou 4 a 0 da Inter em Milão, venceu por 3 a 0 em casa e ficou a apenas um gol de garantir a classificação. De novo.

Com um gol marcado logo aos dois minutos de bola rolando, em uma das raras falhas defensivas do time bávaro e aproveitando o oportunismo de Giroud, o Arsenal criou sua esperança logo no início do confronto e só voltou a alimentá-la aos 39 do segundo tempo, quando Cazorla levantou a bola na área e o zagueiro Koscielny completou para o fundo das redes de Neuer, que praticamente não havia tido trabalho no segundo tempo. Em ritmo alucinante, o apito final de Pavel Kravolec foi como a fumaça branca do Bayern em Munique.

AFP
O Bayern de Munique perdeu uma invencibilidade de 23 partidas, mas se classificou e aguarda o sorteio das quartas
O Jogo – Motivado em destruir a invencibilidade do Bayern de Munique e manter a esperança da conquista de uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, o Arsenal começou na pressão. Depois de Van Buyten proteger a bola para Neuer após lançamento de Cazorla, uma pane no sistema defensivo alemão, logo aos dois minutos de bola rolando, permitiu que os ingleses abrissem o placar mesmo jogando na Allianz Arena.

Aceso pela ponta direita do ataque do Arsenal, Walcott escapou da marcação de Luiz Gustavo e tocou rápido no meio da área. A bola passou pelo meio das pernas de Dante, o outro brasileiro do time, e também convocado para a Seleção, e chegou para Giroud completar, abrindo o placar em Munique. No dia da nomeação do novo Papa da Igreja Católica, o Arsenal tentava mostrar logo no início que um milagre era possível. Com desenho tático semelhante a do próprio Bayern, o time inglês não conseguiu se manter campo ofensivo e terminou o primeiro tempo com apenas uma finalização, justamente a do gol.

AFP
Giroud aproveitou falha defensiva do Bayern e abriu o placar logo no segundo minuto de bola rolando em Munique
Logo após a marcação do gol, o Arsenal tentou manter o controle das ações, mas logo esbarrou na forte marcação do Bayern. Efetuando desarmes precisos no campo de defesa, os jogadores mais recuados do clube alemão tentavam acionar Muller e Kroos, que eram praticamente anulados dentro de campo. Dessa forma, o desafogo passou a ser feito com Lahm, que novamente atuava de forma mais adiantada. Se de um lado o experiente lateral era o principal nome para puxar jogadas de fundo, de outro Walcott tentava incendiar o lado direito, sem sucesso.

Mesmo movimentado e com a posse de bola controlada pelo Bayern, o jogo não teve grandes chances de gol no primeiro tempo por falta de aprofundamento do time alemão e muitos erros de passe do lado dos ingleses. Sem encaixar contra-ataque, o Arsenal terminou a primeira etapa com um único chute a gol, enquanto o Bayern tentou de todas as formas, principalmente de fora da área, mas também rondou demais a área adversária.

AFP
Koscielny foi buscar a bola no fundo do gol e iniciou pequena confusão no fim do jogo
Antes do único minuto de acréscimo do primeiro tempo, as duas equipes tiveram chances de mudar o placar: após cruzamento de Lahm no meio da área, Arteta conseguiu afastar na ‘hora H’, momentos antes de Mandzukic chegar. Na sobra, Muller concluiu na rede pelo lado de fora. Já aos 35, Walcott recebeu pela direita e fez novo lançamento no meio da área, assim como no lance do primeiro gol. Desta vez, no entanto, Girou não alcançou para a finalização.

A ideia da equipe alemã na etapa complementar foi de assumir o risco do empate, mas não abrir mão de sua vocação ofensiva em busca do resultado que garantia sua classificação. Logo nos primeiros minutos de bola rolando, Robben teve chance ao cortar sem dificuldades a marcação de Jenkinson e ver a bola desviar na marcação do Arsenal antes de sair pela linha de fundo. Kroos também tentou, de fora da área, com Mandzukic abaixado logo à frente, mas a bola passou por cima do gol de Fabianski.

O goleiro do Arsenal, inclusive, foi personagem da principal defesa da partida aos 20 minutos do segundo tempo. Após Luiz Gustavo perder uma chance de frente para o gol, o Bayern de Munique quase marcou após toque de letra de Muller, na entrada da área pela direita, e conclusão com liberdade de Robben. O tiro foi em cima do goleiro polonês, que praticou grande defesa.

Na base do desespero e com Alex Oxlade-Chamberlain e Gervinho nas vagas de Ramsey e Walcott, o Arsenal só teve uma boa oportunidade de marcar, aos 31 minutos do primeiro tempo, quando Gervinho invadiu a área pela esquerda, tocou e recebeu de Cazorla, girou sobre a marcação e bateu fraco. A bola rondou a linha do gol, mas Van Buyten apareceu para afastar a boa chance dos ingleses. Mas não a última.

AFP
Aos 39 do segundo tempo, Koscielny subiu mais alto que o suspenso Javi Martinez e incendiou a partida
Aos 39 minutos do segundo tempo, Cazorla levantou a bola na área e Javi Martinez, que está até suspenso das quartas de final por receber amarelo por simulação, não conseguiu subir tão alto quanto Koscielny, que marcou de cabeça. Apesar da força ofensiva demonstrada nos últimos minutos, o Arsenal foi eliminado e encerrou definitivamente a participação inglesa na principal competição continental.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade