Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Atento ao Bota, Carlos Alberto comemora recuperação do Vasco

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Um dos destaques do Vasco nesta temporada, o meia Carlos Alberto exaltou nesta quarta-feira a classificação cruz-maltina para a final da Taça Guanabara. O jogador ressaltou que a equipe mostrou em campo seu valor após ser considerada mais fraca que os principais rivais no início do ano. Ele destacou que as críticas acabaram sendo positivas para o elenco.

"Estou feliz, satisfeito de participar de um grupo novo e já ter a chance de disputar uma decisão em pouco tempo. Fomos considerados o mais fraco dos grandes do Rio e até achei positivo isso. Conviver com críticas e canalizar em uma energia positiva é bom para o elenco. Chegamos com méritos a esta final", disse.

Para a decisão da Taça Guanabara, Carlos Alberto afirmou que não pensa em uma derrota para o Botafogo. O meia revelou que foca no que pode fazer em campo para ajudar o Vasco a sair com a vitória.

"São esses momentos que marcam a carreira de um jogador. Muitas vezes você só joga uma final em uma temporada. Quando eu chego a uma final, evito lembrar insucessos que tive. Vou dormir pensando no movimento que vou fazer no jogo para fazer um gol ou jogada. Eu me preparo para sair de campo com o título", declarou.

O jogador fez questão de elogiar o adversário deste domingo. Carlos Alberto destacou que o Vasco não pode deixar o meia holandês Seedorf livre em campo. O meia também falou sobre outros aspectos positivo do Botafogo.

"O Botafogo é um time competitivo, joga muito compactado entre os setores dentro de campo. O Seedorf, se deixar pensar, complica para a gente. O treinador é um cara que admiro muito, já trabalhei com ele antes. O Rafael Marques, apesar de criticado por muita gente, sempre dá muito trabalho, pois ajuda sem a bola. São muitas preocupações", finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade