Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Atlético-MG supera América-TO com gols de Réver e Ronaldinho

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O gramado irregular e de dimensões reduzidas do estádio Nassri Mattar, dificultou bastante a vida do Atlético-MG nesta quarta-feira. O Galo não mostrou a mesma agressividade dos últimos jogos no primeiro tempo, mas fez o suficiente para triunfar, vencendo o América-TO por 2 a 0, e ficando próximo da liderança do Mineiro.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo zagueiro artilheiro Réver, que aproveitou escanteio de R10, e de cabeça mandou para as redes. O tento anotado pelo defensor foi o quarto em dois jogos, Réver já havia feito três gols contra o América-MG, no último domingo. Ronaldinho ficou com inveja do companheiro, e também anotou o dele completando cruzamento de Richarlyson.

Na sequência do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG terá compromisso no próximo domingo, contra o Nacional, no estádio Bernardo Queiroz, em Patos de Minas. Já o América-TO vai tentar sair da lanterna visitando o Tupi, partida no sábado, no Mário Helênio, em Juiz de Fora.

O jogo – Atuando no gramado irregular do estádio Nassri Mattar, o Atlético-MG adotou uma postura cautelosa no início do jogo, sem agredir o adversário como de costume, mesmo assim, as principais oportunidades foram do Galo. A primeira chance de gol nasceu em cobrança de falta de Ronaldinho, que obrigou o goleiro Raphael Barrios a fazer grande defesa.

Aos poucos, equipe atleticana tomou as rédeas do jogo, com o América-TO ameaçando em lances esporádicos de contra-ataque. Na tentativa de confundir a marcação do Dragão de Teófilo Otoni, Tardelli e Bernard inverteram em vários momentos do jogo, dando bastante trabalho para os zagueiros da equipe da casa.

A primeira oportunidade de real perigo do Dragão só apareceu aos 17, com Luciano Mourão fazendo ótimo cruzamento para Anderson Grafite, que acertou boa cabeçada, mas Giovanni apareceu bem para espalmar para escanteio. Aos 30, o América-TO conseguiu em encaixar um bom contra-ataque com Luciano Mourão, que finalizou cruzado para mais uma defesa de Giovanni.

Após as duas chances, o Atlético-MG voltou a ameaçar com Diego Tardelli, que recebeu assistência de Ronaldinho, que atuou com pivô na jogada, mas o goleiro do time de Teófilo Otoni salvou o Dragão. Aos 37, o Galo quase abriu o placar após ótima trama ofensiva pelo alto, que terminou com cabeça de Tardelli para a defesa de Raphael Barrios.

Depois de um primeiro tempo com atuação discreta, o Galo voltou com força total para etapa complementar, logo no primeiro minuto, Tardelli teve boa chance de abrir o marcador, mas o goleiro americano voltou a aparecer bem para salvar a equipe da casa. Querendo a vitória, o técnico Cuca deixou o Atlético-MG ainda mais ofensivo com a entrada de Luan na vaga de Pierre.

Aos três minutos, foi a vez de Bernard tentar o gol e parar no goleiro do América-TO, principal figura da partida. A pressão alvinegra forçou o Dragão a compactar ainda mais a marcação, transformando o jogo em um ataque contra defesa. De tanto insistir, o Galo finalmente chegou ao gol com o zagueiro artilheiro Réver, que aproveitou escanteio de R10, e de cabeça mandou para as redes.

O craque Ronaldinho fez sua estreia atuando no interior de Minas Gerais e não queria passar em branco. Aos 27, Richarlyson acertou excelente cruzamento para R10, que apareceu na área na posição de centroavante e completou para o gol do Dragão, ampliando o placar e dando mais tranquilidade para os atleticanos.

Mesmo com folga no marcador, o Atlético-MG seguiu impondo o ritmo do jogo e criando mais algumas chances de dilatar o placar, mas o Galo não conseguiu aproveitar as oportunidades. Sem esboçar reação, o time de Teófilo Otoni se limitou a assistir os atleticanos nos últimos minutos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade