Futebol - ( )

Beque brinca com pedido de Pelé por Timão Seleção: "Assino embaixo"

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Tímido, Gil ficou longe de morder a isca na primeira tentativa. Questionado sobre as frases de Pelé, que defendeu o Corinthians como base da Seleção Brasileira, o zagueiro se limitou a elogiar os companheiros recentemente convocados.

Pelé esquece rivalidade e sugere Corinthians como base da Seleção

“Quando se fala em Corinthians, todo o mundo olha para o elenco. Você vê Paulinho, Ralf, Cássio, Fábio Santos. São vários jogadores de Seleção. Fico feliz, é legal, eles dão muita força para gente”, afirmou o zagueiro, escolhido para conceder entrevista na véspera da partida contra o XV de Piracicaba.

A resposta não satisfez. Então, Gil foi colocado diante duas alternativas: assinar embaixo da ideia de Pelé ou considerá-lo maluco. “Assino embaixo”, sorriu o camisa 4, que chegou ao Timão no início do ano e surpreendeu com o bom desempenho.

Divulgação/Agência Corinthians
Gil pode até atuar com Paulo André na Seleção, mas não terá Guerrero como companheiro (foto: Daniel Augusto Jr.)
Além da qualidade técnica, o zagueiro exaltou o ambiente entre os jogadores. Indagado sobre as recentes confusões no São Paulo em torno da formação titular e da briga pelas posições, assegurou que nada parecido acontecerá no atual campeão mundial.

“Aqui não tem isso. Todo o mundo entende as opções do professor, o grupo é muito unido. Quem fica fora compreende, e ninguém deixa o outro ficar cabisbaixo. A gente se dá muito bem, sem problemas, está sempre focado e unido”, repetiu Gil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade