Futebol/Campeonato Italiano - ( - Atualizado )

Cassano discute com treinador e fica fora dos relacionados da Inter

Milão (Itália)

O clima esquentou na Inter de Milão. O atacante Cassano não teve o seu nome relacionado pelo técnico Andrea Stramaccioni para o jogo contra o Catania, neste domingo, por conta de uma possível discussão nos vestiários do Giuseppe Meazza. Segundo informações da mídia local, o atleta só não chegou às vias de fato com o seu comandante porque foi contido por dirigentes e outros companheiros de clube.

Com a grave lesão sofrida pelo argentino Diego Milito, Cassano havia se tornado o principal nome ofensivo do plantel de Stramaccioni. Mas, segundo a Gazzetta Dello Sport, a relação entre as duas partes já vinha se deteriorando há tempos. O ápice da tensão entre os dois se deu com uma troca de provocações e uma discussão que só foi separada com a chegada de dirigentes e até do presidente da Internazionale, Massimo Moratti.

A polêmica, contudo, foi amenizada por Stramaccioni. O treinador se esquivou de qualquer rixa com o atacante e disse ter tomado a sua decisão baseado na qualidade técnica do grupo. “Não é uma suspensão. É a minha opção. O que aconteceu pode ser visto em qualquer vestiário e as coisas que estão sendo publicadas não são verdades. Lamentamos que este tipo de assunto não seja tratado apenas nos bastidores da equipe.”

Sem o seu principal atacante, a Inter de Milão terá de lutar para comprovar seu favoritismo contra o Catania. Os nerazzurri ocupam a quinta posição, com 44 pontos, e ainda brigam por uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões. Já o adversário deste domingo aparece apenas em sétimo lugar e sonha com uma classificação para a Liga Europa. A partida será disputada às 11 horas (de Brasília), no estádio Angelo Massimino.

AFP
Antonio Cassano foi sacado da lista de relacionados após uma possível discussão com Stramaccioni

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade