Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Cícero passa atacantes na artilharia do “empenhado” time do Santos

Bauru (SP)

Autor do primeiro gol no empate por 2 a 2 contra o Mogi Mirim, na última quinta-feira, o meia Cícero “salvou a pele” de Neymar neste domingo, quando fechou a contagem da vitória por 2 a 1 para cima do Oeste, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Paulista. Com o gol marcado no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru, o ex-são-paulino atingiu seis gols, superando André e Miralles na vice-artilharia do Peixe no Estadual.

“Não fico com isso na cabeça de fazer gol ou de ser artilheiro. Eu só penso em fazer uma boa apresentação com a camisa do Santos, e agora estou podendo contribuir com gols e assistências”, celebrou Cícero, que tem um gol a mais que André e Miralles, hoje reservas, três a mais que o titular Giva, alçado ao time de cima só na última rodada, e um a menos que Neymar que, mesmo sendo ausência por conta das convocações para a Seleção Brasileira, atingiu o oitavo gol neste domingo.

Diante do Oeste, o Santos abriu a contagem aos 21 minutos do segundo tempo, em bela finalização de Neymar após passe de Montillo. O time de Itápolis, que jogou em Bauru por motivos financeiros, igualou aos 38 do segundo tempo, com Gilmar aproveitando rebote de Rafael. Três minutos depois, em reação imediata, Cícero marcou o segundo após escanteio cobrado por Montillo e desvio de Durval na área. “O campo não é favorável para o nosso futebol, já sabíamos disso, mas valeu pelo empenho de todo”, comemorou Cícero.

Com Edu Dracena poupado após uma sequência de nove jogos no Campeonato Paulista, Neto foi o companheiro de zaga de Durval, que aprovou a participação do camisa 21, comentou o resultado e ainda celebrou a participação da torcida na vitória por 2 a 1: “Foi apertado, e com muitas dificuldades. Mas mais importante foi o resultado positivo que nós conquistamos. Valeu pela dedicação de todo mundo, inclusive do Neto, que entrou. Agora, é pensar no próximo adversário. Em Bauru foi impressionante o estádio cheio, torcida apoiando sempre”.

Na próxima quinta-feira, o Santos recebe o São Caetano no estádio do Pacaembu, em partida antecipada pela diretoria em função de um amistoso que a Seleção Brasileira fará contra a Bolívia no sábado. Como apenas jogadores que atuam no País podem ser convocados, o time de Muricy Ramalho pode ser alvo de Luiz Felipe Scolari em nomes como Neymar, Arouca e até Cícero, em boa fase no Peixe.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade