Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Com reservas, Verdão tenta cicatrizar ferida antes de encarar Tigre

William Correia São Paulo (SP)

O último teste de Gilson Kleina com seus titulares antes do decisivo jogo de terça-feira, contra o Tigre, pela Libertadores, virou uma vexatória derrota por 6 a 2 para o Mirassol. Mesmo assim, o técnico foi mantido no cargo, e não mudou seu plano. Às 18h30 (de Brasília) deste sábado, no Pacaembu, o time enfrenta o Linense cheio de reservas, mas com uma missão a mais: recuperar a autoestima perdida na quarta-feira.

“Estamos sentidos. A ferida está aberta e vemos muita gente pondo o dedo, mas vamos cicatrizá-la e dar a volta por cima. Não abaixamos a cabeça”, decretou o treinador, que tem atuado mais como psicológico do que estrategista na tentativa de também reconquistar a torcida visando um bom público na terça-feira.

“A paz estava reinando, mas no Palmeiras, quando se entra em uma situação assim, vem um vento forte e tem que começar de novo. O que mais podemos prometer é trabalho, competência e eficiência. Vamos retomar o que vínhamos fazendo, continua a minha confiança em todos. Faremos de tudo para reanimar a autoestima de todos”, comentou.

O discurso é de que a goleada de quarta-feira foi uma fatalidade. “Foi o primeiro tropeço. Teremos outros, e esperamos que não seja dessa forma. É erguer a cabeça e reagir porque estamos em um grande clube e queremos uma história positiva. Que possamos dar a volta por cima para chegar com confiança e muito mais mobilizados para a Libertadores”, incentivou Kleina.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Mantido no cargo, Gilson Kleina tenta recuperar autoestima com um time cheio de reservas
Tudo isso caberá a uma escalação que não poderá contar com 12 dos principais atletas do elenco. Henrique, Valdivia, Maikon Leite e Kleber estão machucados, Souza fica no banco porque acaba de voltar de lesão, Mauricio Ramos será reservas para não se desgastar e Weldinho, Juninho, Márcio Araújo, Charles e Wesley nem foram relacionados para se preparar visando o duelo contra o Tigre. E ainda está fora Leandro Amaro, machucado.

Entre os que devem ser titulares na terça-feira, iniciarão o jogo no sábado Fernando Prass, Ronny e Caio, sendo que os dois últimos disputam uma vaga no setor ofensivo. O resto do time neste sábado terá Vilson, suspenso diante dos argentinos, e André Luiz, Léo Gago e Leandro, impedidos de atuar na Libertadores. Os outros escolhidos são reservas que tentam ganhar ritmo.

Neste cenário, o objetivo é ir além da sétima colocação atual, que garante a classificação do Palmeiras nas quartas de final do Paulista, mas jogando o mata-mata como visitante. “Estamos na zona de classificação, queremos chegar ao G-4 e temos um jogo em casa para isso. Por mais que não tenhamos conjunto, temos superação e vontade de vencer. Vamos extrair o melhor de cada um”, apostou Kleina.

O mesmo pensa Bruno Quadros, técnico do Linense que começa a ser pressionado. O time, que está em décimo com 21 pontos, precisa vencer no Pacaembu para não se complicar na busca por vaga na próxima fase. Para a tarefa, o desfalque é o volante Elias, expulso na derrota para o União Barbarense na quarta-feira, além do zagueiro Bruno Perone, ainda machucado.

A novidade no meio-campo é Leanderson, e o time segue com o lateral direito Bruno Ribeiro, ex-Palmeiras, e o zagueiro Álvaro e o meia Lenílson, ambos ex-São Paulo. O objetivo é conquistar a primeira vitória após três jogos, sendo que os dois últimos compromissos terminaram com derrotas que tiraram o clube das oito primeiras posições da tabela.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X LINENSE

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 30 de março de 2013, sexta-feira
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcio Henrique de Gois (SP)
Assistentes: Eduardo Vequi Marciano e Leonardo Schiavo Pedalini (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Fabio de Jesus Volpato Mendes e Norberto Luciano Santos da Silveira (ambos de SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Ayrton, Vilson, André Luiz e Marcelo Oliveira; Wendel, João Denoni, Léo Gago e Ronny; Leandro e Caio
Técnico: Gilson Kleina

LINENSE: Leandro Santos; Bruno Ribeiro, Fábio Lima, Álvaro e Tarracha; Leanderson, Leandro Brasília, Gilsinho e Lenílson; Fernandinho e Fábio Lopes
Técnico: Bruno Quadros

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade