Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Com três gols do estreante Michael, Fluminense vira sobre o Macaé

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Nesta quarta-feira, em São Januário, o Fluminense derrotou o Macaé por 3 a 1 de virada para poder dormir na liderança do Grupo B da Taça Rio. O grande destaque do jogo foi o jovem atacante Michael, de 19 anos, que foi lançado por Abel no lugar de Fred e marcou os três gols da equipe tricolor.

O resultado fez justiça ao desempenho do Tricolor das Laranjeiras que começou hesitante e sofreu um gol, mas teve competência para reagir e, depois, administrar a vantagem.

O atacante Rhayner que não marca um gol há 82 jogos, teve a chance de quebrar o jejum, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti no segundo tempo.

O Tricolor das Laranjeiras soma sete pontos na primeira posição do Grupo B da Taça Rio, um à frente do Resende, que enfrenta o Duque de Caxias na quinta-feira e pode voltar à liderança. O Macaé, por outro lado, segue com três pontos no meio da tabela.

Arte GE.Net
O jogo - Sem poder contar com Fred e Wellington Nem, dupla de ataque titular, Abel optou pelos jovens Marcos Júnior e Michael, deixando Rafael Sóbis e Samuel no banco de reservas.

A nova formação encontrava muita dificuldade para penetrar a defesa do Macaé e só aos oito minutos conseguiu criar a primeira jogada de perigo. Após lateral cobrado por Carlinhos, a defesa adversária se confundiu e a bola quase sobrou para Rhayner, mas o goleiro Luis Henrique chegou primeiro e impediu que o ex-jogador do Náutico quebrasse o incômodo jejum.

Aos 14 minutos, o Macaé que pouco tinha feito ofensivamente, acabou marcando o primeiro gol. Jean saiu jogando errado e a bola ficou com Norton, que rolou para Douglas Assis arriscar de longe e colocar no ângulo esquerdo de Diego Cavalieri.

Depois de sofrer o gol, o time tricolor passou a acelerar o ritmo da partida, buscando o empate, principalmente com investidas de Rhayner, marcado com faltas pela zaga do Macaé. A equipe acabou chegando ao empate aos 22 minutos. Douglas Assis errou ao tocar para Márcio Goiano que foi desarmado por Michael. O atacante arrancou em velocidade e tocou na saída do goleiro Luis Henrique.

O time dirigido por Abel Braga ficou empolgado e passou a pressionar em busca do segundo gol, o que acabou acontecendo aos 26 minutos, novamente com Michael, que escorou um passe perfeito de Wagner e colocou no canto direito de Luis Henrique. Aos 44 minutos, com o Macaé desnorteado, o jovem voltou a marcar. Wagner, outra vez, tocou de calcanhar para Michael, que bateu forte, da entrada da área, no canto direito de Luis Henrique.

Photocamera
Rhayner voltou a perder um pênalti no Fluminense
Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo. Logo aos dois minutos, Rhayner fez boa jogada individual, driblou Douglas Assis e chutou cruzado. O goleiro Luis Henrique defendeu parcialmente e Marcos Júnior tentou aproveitar o rebote, mas bateu por cima, perdendo uma grande oportunidade para ampliar o marcador.

A equipe dirigida por Abel Braga seguiu pressionando em busca de mais um gol e, aos cinco minutos, Marcos Júnior investiu pela esquerda e chutou cruzado, mas a bola saiu. Aos oito minutos, foi a vez do lateral Carlinhos partir para dentro da área e tentar a conclusão, mas foi desarmado por Diego na hora de concluir.

O técnico do Macaé alterou sua equipe numa tentativa de torná-la mais ofensiva, mas foi o Fluminense que quase marcou o quarto gol, aos 15 minutos. Após cruzamento, Rhayner tentou uma bicicleta, a bola saiu prensada e acabou nos pés de Leandro Euzébio que bateu para fora.

Com as modificações feitas pelo treinador, o Macaé se tornou um pouco mais agressivo e chegou a criar chances para marcar. Aos 21 minutos, após cobrança de escanteio, Anderson Costa cabeceia e Cavalieri fez grande defesa. No minuto seguinte foi a vez de Jones, que fez boa jogada pela direita e chutou. Diego Cavalieri se atrapalhou, mas conseguiu evitar que a bola entrasse.

Aos 30 minutos, Rhayner invadiu pela esquerda e foi derrubado por Diego Macedo. O árbitro marcou pênalti e a torcida pediu que o próprio meia fizesse a cobrança para quebrar o jejum. O jogador bateu e perdeu, mandando a bola por cima do travessão. Foi a segunda penalidade perdida pelo ex-jogador do Náutico no Campeonato Carioca.

O Fluminense seguiu mandando na partida e, aos 36 minutos, Wagner recebeu de Rhayner e, mesmo fora da área, tentou encobrir o goleiro do Macaé, mas a bola acabou saindo.Nos minutos finais, com Samuel no lugar de Michael, o Fluminense seguiu procurando o quarto gol, e aos 45, Rafael Sobis fez boa jogada na área, mas concluiu para fora, no último lance de emoção.

Photocamera
Com apenas 19 anos, o atacante Michael marcou três gols logo em sua primeira partida pelo Fluminense

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade