Futebol/Campeonato Catarinense - ( - Atualizado )

Com três gols no fim, Criciúma bate Camboriú na abertura do returno

Camboriú (SC)

Depois de fazer uma campanha ruim na fase anterior do Campeonato Catarinense, na qual a Chapecoense conquistou o título, o Criciúma sofreu no início do segundo turno, mas conseguiu vencer o Camboriú, por 2 a 1, fora de casa. Após pressionar durante os 90 minutos, o Tigre conseguiu fazer o primeiro gol apenas aos 41 minutos do segundo tempo, com Gilson. Monga empatou para o time da casa no lance seguinte, mas Éverton Páscoa deu a vitória à equipe visitante aos 43.

O jogo - Ainda com técnico interino, já que Oswaldo Alvarez chega ao Heriberto Hülse apenas nesta segunda-feira, o Criciúma iniciou a partida no campo de ataque. Logo aos sete minutos, Giancarlo tocou para Fabinho, que, dentro da grande área, finalizou para o gol e obrigou o goleiro Gabriel a fazer uma boa defesa.

Aos 16 minutos, o Tigre voltou a assustar. Marlon escapou pela esquerda, fez o cruzamento, a bola passou por toda defesa e Fabinho conseguiu completar, mas a bola foi para fora. No final do primeiro tempo, pelo mesmo lado, Marlon chegou novamente sem marcação, aproveitou o toque de Ivo e emendou de primeira, mas não acertou a meta adversária.

No início do segundo tempo, o Criciúma continuou trabalhando pela esquerda com Marlon. Aos cinco minutos, o lateral mandou para a área e Fabinho, dentro da pequena área, mandou para fora. Mais tarde, aos 20, João Victor arriscou da intermediária, a bola desviou na zaga e passou perto da trave defendida por Gabriel.

A melhor chance do Camboriú no jogo aconteceu quatro minutos mais tarde. Geninho recebeu por trás da marcação, driblou Amaral e chutou para o gol. A bola foi em cima do goleiro Bruno, que ainda deu rebote para o meio da área e a zaga do Tigre conseguiu afastar.

A pressão do Criciúma foi recompensada aos 41 minutos do segundo tempo, quando Gilson aproveitou o cruzamento e completou de cabeça, sem marcação, para o fundo do gol. A festa dos visitantes não durou muito, já que no lance seguinte, Monga se aproveitou da confusão dentro da área e empatou a partida.

Um minuto mais tarde, aos 43, o Criciúma conseguiu desempatar a partida novamente, em mais uma jogada de Marlon. O lateral levantou a bola na área, Éverton Páscoa ganhou do goleiro Gabriel e garantiu o triunfo no Estádio Roberto Santos Garcia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade