Futebol/Copa Libertadores - ( )

Como torcedor, Ceni concorda com críticas e só pensa em vitória

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O torcedor são-paulino tem cobrado o time com razão, na opinião de Rogério Ceni. O goleiro reconhece que o rendimento coletivo nesta temporada não tem sido tão bom quanto o do segundo semestre do ano passado, quando a equipe venceu a Sul-americana e conseguiu a classificação para a Libertadores através do Campeonato Brasileiro.

"Não falta empenho para o time. É um time que luta muito, e o torcedor reconhece isso. Mas o torcedor reconhece também que não estamos apresentando uma parte técnica como no ano passado. Não está rendendo o que rendeu no ano passado, e eu reconheço isso como torcedor também", disse o camisa 1.

Apesar da liderança com folga no Campeonato Paulista, o time do técnico Ney Franco vem enfrentando dificuldades especialmente na Libertadores. Em três partidas, duas delas como mandante, foram quatro pontos ganhos. Desempenho que ameaça a classificação para o mata-mata nas últimas três rodadas da chave.

Marcelo Ferrelli/Gazeta Press
Goleiro tricolor quer voltar com três pontos da Argentina depois do empate por 1 a 1 na quinta-feira passada
"Temos que tentar fazer a vitória para voltar em uma melhor situação dentro do grupo", salientou Ceni.

O duelo contra o Arsenal está marcado para 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira, no Estádio Julio Grondona.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade