Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Corintianos comemoram volta da torcida contra ‘catimbeiro’ Tijuana

Bruno Ceccon e Marcos Guedes São Paulo (SP)

O triunfo sobre o Tijuana teve um sabor especial para os jogadores do Corinthians. Além de coroar o reencontro com os torcedores no Pacaembu com uma vitória, a equipe alvinegra pôde dar o troco nos mexicanos após ouvir gritos de “olé” e provocações dos adversários na partida como visitante.

“O Corinthians jogou muito bem. Soube como sair da pressão e da catimba”, afirmou Paulo André, que fez questão de participar do jogo de volta diante dos mexicanos mesmo com uma fratura na mão. “É um time marrento, chato. Contra adversários desse tipo, tem que jogar bola e colocar na roda”, afirmou o defensor, satisfeito.

“Finalmente, conseguimos encaixar um grande jogo. Acho que foi o melhor até aqui. Temos que manter esse mesmo nível de concentração para que consigamos uma boa classificação e entremos no mata-mata com um bom rendimento”, afirmou Paulo André.

Em sua estreia na Libertadores, na altitude de Oruro, o Corinthians apenas empatou com o San José. Em seguida, venceu o Millonarios no Pacaembu vazio e perdeu uma invencibilidade de 16 partidas na Libertadores na grama sintética de Tijuana. Após a série de duelos atípicos, Danilo também festejou o triunfo de quarta-feira.

“O time inteiro jogou bem. Quando todos jogam desse jeito, o resultado aparece. Devemos atuar da mesma forma nas próximas partidas. O Tijuana joga bem atrás e sabe marcar. Precisávamos da vitória e essa partida foi importantíssima”, declarou o meia.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Vetado contra o Millonarios, o povo teve a chance de reencontrar seu time na vitória sobre os mexicanos do Tijuana
Se no confronto com o Millonarios o Corinthians foi obrigado a jogar com portões fechados, diante do Tijuana contou com o apoio de 31.671 fiéis. Artilheiro do time na Libertadores, Guerrero valorizou a chance de correr para as arquibancadas lotadas depois de marcar o segundo gol.

“Eu fiquei com muita saudade da torcida. O público nos dá bastante motivação, jogamos com muita alegria e coração. Fizemos uma boa partida e ganhamos com tranquilidade. Estamos batalhando pela liderança e agora vamos continuar trabalhado”, disse o peruano.

Antes de voltar a campo pela Copa Libertadores para enfrentar o Millonarios, o Corinthians faz uma série de cinco jogos pelo Campeonato Paulista, a começar pelo duelo com o União Barbarense, no sábado. Lesionados, Alexandre Pato, Paulo André e Cássio não devem participar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade