Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Corintianos criticam gramado do Brinco: "Dificulta muito jogar"

Campinas (SP)

O gramado do Brinco de Ouro da Princesa não agradou nem um pouco aos corintianos. Tanto no intervalo quanto no final da vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, neste domingo, eles fizeram críticas à condição do campo campineiro.

"Dificulta muito para a gente, que tem uma equipe mais técnica do que a deles, trabalha mais a bola. A gente veio com esse pensamento mesmo, de fazer um gol e segurar o resultado, porque sabia que seria dessa maneira, seria difícil", apontou o atacante Emerson, autor da assistência para o gol de Guerrero.

Até mesmo Tite reclamou. O treinador, que durante a semana reforçou sua ligação com o Guarani ao relembrar a passagem por lá na década de 1980, demonstrou preocupação com as falhas do gramado durante toda a partida, orientando seus jogadores a ficarem alerta com quiques inesperados da bola.

"Atrapalha. Não falo com prazer, mas o gramado aqui já esteve melhor para jogar. Estava difícil até caminhando. Falei aos jogadores que tocar de primeira era perigoso, que era para jogar sempre em dois ou três tempos. Tivemos um erro do Paulo André por isso. O campo não permitia a melhor qualidade do passe", admitiu o ex-volante bugrino.

Para piorar, a partir da metade do segundo tempo, caiu uma forte chuva sobre o Brinco. “Choveu pedra e o escambau. Parecia que eu tinha voltado para o Sul. Aqui em São Paulo, nunca vi (chover granizo no estádio), mas em Caxias, sim”, brincou Tite.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade