Futebol/Campeonato Mineiro - ( )

Cuca critica gramado em Patos de Minas: "Difícil se adaptar"

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG atuou com um jogador a mais que o Nacional durante a maior parte do jogo, em Patos de Minas, mas mesmo assim, o Galo teve problemas para vencer o adversário por 3 a 1. O técnico Cuca apontou o gramado ruim do estádio Bernardo Queiroz como um dos fatores que prejudicaram o time alvinegro na partida. Segundo ele, faltou ao time criar jogadas pelas laterais, forçando muito as entradas pelo meio da defesa do Búfalo.

"É difícil você se adaptar a este tipo de terreno. A gente tem uma qualidade de passes bem melhor, mas insistimos em jogar por dentro. Quando se chegava ao fundo, nós errávamos os cruzamentos. Mas, na segunda etapa, o Guilherme entrou e na primeira bola fez o gol. Depois do gol, a gente achava que as coisas estavam se acertando, que a gente tinha se adaptado ao gramado. Mas o gol foi enganoso”, analisou.

Apesar das dificuldades, o treinador atleticano fez questão de enaltecer o preparo físico do Galo, que precisou correr muito para conquistar a vitória. “Nossa equipe está muito bem preparada fisicamente. Corremos muito, com um jogador a menos, tivemos que ter paciência para construir o resultado. Tiramos um volante e colocamos o Morais, ele entrou bem, deu qualidade de passe e fizemos os gols necessários para assegurar a vitória", disse.

Por fim, Cuca ainda destacou a força do elenco do Atlético-MG, que pode poupar jogares, e mesmo assim ter um time forte. "A gente está usando o grupo todo. Não deu para colocar o Rosinei, o Gilberto, mas com esta semana de preparação vai dar para equilibrar o time mais uma vez. vamos ver se a gente coloca o time completo para mais um jogo importante. Para você ver, hoje a gente diminuiu um gol em relação ao líder", encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade