Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Dirigente do Flamengo descarta volta de Adriano ao clube

Rio de Janeiro (RJ)

Maurício Val/Vipcomm/Divulgação
Aos 31 anos, Adriano enfrenta problemas psicológicos e dificuldade para entrar em forma. Futuro do atacante no futebol é incerto

O diretor de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, negou que exista qualquer possibilidade da volta do atacante Adriano ao Flamengo, como chegou a ser noticiado neste final de semana. O Imperador está sem vínculo profissional desde que rescindiu o contrato com o próprio Flamengo, em outubro do ano passado, sem ter entrado em campo com a camisa rubro-negra uma única vez. A última partida disputada por Adriano foi no dia 4 de março de 2012, pelo Corinthians.

Para o dirigente, antes de pensar em voltar ao futebol, Adriano precisa procurar um psiquiatra e passar por uma terapia que o permita retomar às atividades profissionais.

“Ele não está nos planos do Flamengo. E nem estará enquanto continuar a se comportar de uma forma inadequada para um atleta”, disse o dirigente.

Revelado pelo Fla, Adriano voltou a vestir a camisa rubro-negra em 2009, depois de rescindir seu contrato com a Inter de Milão. Com 19 gols, o atacante foi artilheiro do Campeonato Brasileiro daquele ano e um dos principais responsáveis por levar a equipe carioca à conquista do título nacional.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade