Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Dorival assume culpa por Flamengo que “perdeu postura ofensiva”

Rio de Janeiro (RJ)

Derrotado na estreia da Taça Rio pelo Resende, o Flamengo acumula dois revezes seguidos depois de passar a fase de grupos do primeiro turno invicto. Dorival Júnior justifica a derrota admitindo a má fase do time, especialmente no setor de ataque.

“Temos que reconhecer que erramos tudo o que poderíamos errar na competição. Nestes últimos dois jogos, aconteceram situações que proporcionamos ao adversário a possibilidade do resultado, perdemos a postura ofensiva que vínhamos tendo ao longo da competição. A partir do momento que eles (o Resende) cresceram na partida, nós encolhemos muito”, analisou o treinador.

Insatisfeito com o mau jogo da equipe contra o Resende – assim como contra o Botafogo –, o comandante rubro-negro se culpa pelas derrotas, mas evita transformá-las em “caos”.

“Quando a gente estava ganhando jogos seguidos, vocês não me viram relaxados, eu estava atento, porque buscávamos um patamar melhor. Eu nunca aceitei essa situação de favorito e em nenhum momento coloquei que estava satisfeito com o rendimento da equipe. A responsabilidade é do treinador, eu não culpo ninguém, as cobranças vão acontecer lá dentro entre todos”, disse.

Alertando contra o relaxamento da equipe, Dorival segue com projeto de brigar pelo título do segundo turno do Carioca. “É um resultado danoso. Vamos ter que trabalhar muito para reagir e buscar a classificação para a segunda fase”, afirmou.

O Flamengo volta a campo pelo estadual neste domingo, quando joga contra o Boavista, no Raulino de Oliveira, às 18h30 (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade