Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Dorival vê critério diferenciado na arbitragem, mas elogia Botafogo

Rio de Janeiro (RJ)

Após ouvir perguntas sobre a arbitragem do clássico entre Botafogo e Flamengo, no Engenhão, neste domingo, o técnico Dorival Júnior se esquivou e preferiu não entrar em polêmicas. No entanto, o treinador afirmou que o ‘sexteto’ não teve o mesmo critério na hora das faltas dos dois times.

“Eu lamento que muitos lances tenham passado despercebidos pelos seis árbitros. E um erro coletivo muito difícil de aceitar. Acho que essa análise fica a critério de todos vocês, que viram os erros e acertos”, lamentou o comandante na coletiva de imprensa sobre a derrota flamenguista por 2 a 1.

Um dos lances que mais geraram polêmicas para o Rubro-Negro aconteceu aos 20 minutos do segundo tempo, quando o volante Marcelo Mattos, após chute do meia Rodolfo, tocou a bola com a mão, dentro da área. Pela parte da Gávea, mais inúmeras reclamações de faltas não marcadas.

Polêmicas à parte, Dorival Júnior reconheceu o bom jogo do time de General Severiano. “Não dá para tirar o brilho da vitória de um adversário. O Botafogo fez por merecer a vitória, e nós temos que sair de cabeça erguida porque fizemos um grande campeonato”, finalizou.

Eliminado da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, o Flamengo se reapresenta na tarde desta terça-feira, quando já deve iniciar a sua preparação para a estreia na Taça Rio, diante do Resende, no dia 17.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade