Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Em crise financeira, Renê Simões compara Vasco ao rival Flamengo

Rio de Janeiro (RJ)

Ao anunciar a saída de Gaúcho, Renê Simões não deixou de falar sobre a atual situação financeira do Vasco. Sem acertar grandes contratações para a temporada, o diretor-executivo de futebol se queixou da dívida do clube e comparou com a atual situação do rival Flamengo, que adota uma política de corte de gastos com esta nova administração.

“O problema do Vasco é uma dívida enorme que dificulta fazer uma negociação em qualquer sentido. Nesta semana, nós tivemos envolvidos em uma situação que pensamos que teríamos sucesso, mas não tivemos. Passamos pela mesma situação do Flamengo”, lamentou Renê.

Preocupado com as finanças em São Januário, o ex-treinador também foi direto ao dizer quais são as prioridades do Vasco neste momento. “Buscamos a equação de todas as dívidas, para voltar a ser potência, agradando a todos”.

Sem culpar, exclusivamente, o treinador Gaúcho, Renê ainda voltou a citar o rival da Gávea ao explicar a mudança no clube. “Estamos como o Flamengo, tentando equacionar todos estes pontos, a culpa não é só do Gaúcho, que fique bem claro isso, mas foi preciso mudar no vestiário”.

Em busca de “um novo rumo”, o dirigente vascaíno acredita na reação de sua equipe com a mudança, mas não deixou de lamentar a saída de Gaúcho. “Vamos tentar encontrar um rumo e a falta de reação estava muito claro dentro de campo, nos treinamentos. Então, a gente dá uma mexida. Para mim é muito difícil, absolutamente difícil, mas temos que fazer isso neste momento”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade