Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

André admite atraso por conta de problema com e-mail

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Após desconversar e não admitir ter chegado atrasado ao treino do Santos, na última quarta-feira, no CT Rei Pelé, o centroavante André mudou de postura. Através de nota oficial emitida pela sua assessoria de imprensa, o jogador confirmou que, por um problema envolvendo a comunicação interna do clube praiano, acabou não comparecendo no horário marcado para a atividade da equipe.

“O treino estava marcado para às 16 horas até pelo menos um dia antes da data e houve uma mudança de última hora - promovida pela comissão técnica - para às 15h30. Houve uma tentativa de avisar a mudança por e-mail na data do treinamento citado e o jogador não recebeu a comunicação por seu endereço eletrônico estar cadastrado errado no banco de dados do clube. Ao ser informado pelo celular da mudança, o atacante foi imediatamente ao clube e explicou o corrido à comissão técnica”, diz o comunicado.

No treinamento em que chegou atrasado, André foi preterido do time titular para a entrada do jovem Giva, autor de dois gols na vitória sobre o Mirassol, quinta, na Vila Belmiro. Porém, o técnico Muricy Ramalho descartou qualquer tipo de relação deste fato com a saída do centroavante da equipe.

“Ele está se dedicando, não foi por causa disso (atraso). Não me dei conta desse fato, aliás. Até porque, ele estava fora do tático, por isso nem percebi. Mudamos o horário do trabalho para os titulares. Ele estava fora do time e não ia jogar. Mas qualquer um pode chegar atrasado. O Miralles saiu por contusão e seria o substituto no lugar do Neymar (na Seleção Brasileira). O Giva deu mais movimentação para a equipe, nas vezes que entrou, e aqui é assim: quem está melhor, fica no time”, afirmou Muricy, após o triunfo sobre o Leão da Alta Araraquarense.

A cúpula alvinegra, que confirmou o atraso de André ao treino realizado na quarta, negou a possibilidade de o atacante ser punido, em virtude deste episódio. Na última sexta, Neymar também chegou mais tarde ao treinamento, trabalhou na academia do clube e não recebeu qualquer tipo de punição. No dia seguinte, a Joia esteve em campo na vitória sobre o Guarani.

André, inclusive, tem chances de voltar ao time para o clássico com o Palmeiras, no próximo domingo, às 16 horas (horário de Brasília), no Pacaembu. Como Miralles, recuperado de um edema na coxa esquerda, ainda não está no seu melhor condicionamento físico, Muricy não rechaçou a ideia de preservar o argentino nesta partida e escalar o centroavante ao lado de Giva, no ataque contra o Verdão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade