Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Felipe intensifica tratamento e Dorival dá atenção à bola parada

Rio de Janeiro (RJ)

Os jogadores do Flamengo acordaram cedo para dar sequência à rotina de treinos visando o compromisso do próximo domingo, pelas semifinais da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. A partir das 9 horas (de Brasília), o grupo comandado por Dorival Júnior realizou um treino específico de bolas paradas e viu o treinador promover uma série de testes de olho no duelo com o Botafogo.

A única dúvida de Dorival segue sendo o goleiro Felipe, que passou a madrugada de quarta-feira internado por conta de um forte torcicolo e ainda não voltou aos treinos. Nesta sexta-feira, o camisa 1 rubro-negro intensificou o tratamento das dores na coluna cervical e trabalhou em campo sob a supervisão do preparador de goleiros Cantarele.

Felipe chegou a praticar algumas defesas, mas levou a mão ao pescoço mais de uma vez e segue preocupando a comissão técnica. Com Paulo Victor treinando entre os titulares, o ex-corintiano fez fisioterapia e sua escalação depende das atividades do sábado pela manhã, novamente no Ninho do Urubu, onde Dorival define a formação com um treino recreativo. No dia seguinte, com a vantagem do empate, o time encara o Botafogo no Engenhão.

Depois de promover a entrada de Igor Sartori no lugar de Hernane, como um teste de opções para a semifinal, Dorival voltou a inovar nesta sexta, quando deu atenção especial às bolas paradas, como cruzamentos, escanteios, faltas e pênaltis, e realizou duas alterações: Gabriel e Rodolfo nas vagas de Carlos Eduardo e Rafinha.

Sem novidades, a equipe está definida para enfrentar o Botafogo com a seguinte escalação: Paulo Victor (Felipe); Léo Moura, Wallace, Marcos González e João Paulo; Cáceres, Elias e Ibson; Carlos Eduardo, Rafinha e Hernane.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade