Futebol/Copa Libertadores de América - ( - Atualizado )

Flu sai na frente do Huachipato, sofre empate, mas assume liderança

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense desperdiçou muitas oportunidades e ficou no empate por 1 a 1 com o Huachipato, do Chile, em partida disputada nesta quarta-feira, no Engenhão. O resultado fez o Tricolor das Laranjeiras chegar aos sete pontos ganhos e assumir a liderança do Grupo 8 da Taça Libertadores, com sete pontos ganhos O Grêmio, porém, tem seis pontos e um jogo a menos, e pode ultrapassar o time carioca. O Huachipato chegou aos quatro pontos e é apenas o terceiro.

Fred foi o autor do gol tricolor, marcando aos 30 do primeiro tempo. Após o intervalo, Nuñez igualou tudo no Rio de Janeiro. O resultado foi um castigo para a equipe brasileira, que saiu na frente e jogou, especialmente no primeiro tempo, futebol suficiente para fazer um placar mais dilatado. Na segunda etapa, o time chileno melhorou de produção e conseguiu a igualdade. Ao final da partida, a torcida tricolor, decepcionada, vaiou os jogadores.

O próximo compromisso do Fluminense na Libertadores será somente em mais de um mês, quando visita o Grêmio, em 10 de abril, para o confronto mais importante no grupo. O Huachipato também só joga em abril, contra o Caracas, na Venezuela.

Nelson Perez/Fluminense. F.C.
Fred inaugurou a contagem para o Fluminense, que desperdiçou inúmeras chances de ampliar a vantagem
Apoiado por uma torcida pequena, mas vibrante, o Fluminense começou a partida no ataque e criou sua primeira grande chance aos cinco minutos. Fred tocou de calcanhar para Thiago Neves que emendou de primeira, mas parou em bela defesa de Nery Veloso.

O time carioca não deixava o Huachipato respirar e Carlinhos era muito acionado pelo meia Deco, mas pouco efetivo nos cruzamentos. Dominando, o Fluminense criou outra chance aos 12, com Wellington Nem. O atacante se livrou da marcação e cruzou rasteiro para a pequena área. Jean apareceu para desviar, mas bateu de pé esquerdo e mandou para fora. No minuto seguinte, após rebatida da zaga, Deco pegou de primeira e jogou por cima do travessão.

Thiago Neves, que desperdiçou um gol por preciosismo, era o destaque do Flu e carimbou a trave de Nery Veloso antes de a equipe conseguir abrir o placar no Engenhão.

Aos 30 minutos, o Fluminense em falha bizonha do goleiro chileno, Deco sofreu pênalti. Veloso tentou rebater uma bola recuada, mas chutou em cima de um companheiro e viu Deco ficar com a sobra. Nuñez tentou chegar na cobertura, mas agarrou o português dentro da área. Fred, com categoria, converteu a cobrança e quebrou o jejum de três jogos sem marcar.

A equipe visitante não conseguia sair da defesa e só aos 38 minutos o ataque chileno conseguiu assustar o goleiro Diego Cavalieri. Braian Rodriguez chutou muito perto da trave direita.

O time carioca voltou para o segundo tempo com a mesma disposição, enquanto a equipe chilena passou a jogar com apenas dois zagueiros, colocando mais um jogador no meio-campo para tentar buscar o gol do empate.

Nelson Perez/Fluminense. F.C.
Nery Veloso (C) falhou feio no lance do pênalti para o Flu, mas também fez defesas fundamentais para o Huachipato
Aos sete minutos, o Fluminense criou sua primeira chance, quando Jean lançou Wellington Nem em velocidade. O atacante chegou a driblar o goleiro, mas concluiu para fora. Fred, que esperava o passe na área, reclamou demais.

O time brasileiro, porém, permitia que o Huachipato criasse algumas jogadas de perigo, como aconteceu aos 17 minutos, mais uma vez Braian Rodriguez. Lançado, em velocidade, o atacante chegou a driblar o goleiro Diego Cavalieri,mas perdeu o ângulo e permitiu que a defesa tricolor aliviasse o perigo.

Insatisfeito com o desempenho da equipe, Abel decidiu trocar Deco por Wagner, mas antes que a substituição desse resultado, o Huachipato marcou o gol de empate. Após cobrança de tiro indireto, na entrada da área, a bola sobrou na direita para Arrué que fez linda jogada, driblando dois zagueiros e chutando cruzado. Gum ainda salvou, mas a bola caiu nos pés de Nuñez, que chutou rateiro para igualar o placar.

O Fluminense passou a pressionar e Fred desperdiçou grande chance aos 29 minutos. Thiago Neves, de peito, colocou o artilheiro na cara do gol, mas o chute de Fred foi defendido por Veloso que espalmou para escanteio.

Aos 40 minutos, Nem lançou Carlinhos pela esquerda que cruzou para a pequena área, mas Thiago Neves chegou atrasado e não completou. No minuto seguinte, quase o Huachipato desempatou. Cavalieri fez ótima defesa em chute de Rodríguez, colocando a bola para escanteio no último lance de perigo da partida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade