Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Goran Pandev reforça denúncia de Mourinho contra eleição da Fifa

Skopje (Macedônia)

Capitão da seleção da Macedônia, o meia-atacante Goran Pandev garante ter votado em José Mourinho para melhor do técnico do mundo na eleição organizada pela Fifa. O voto do jogador do Napoli, no entanto, foi computado para Vicente del Bosque, treinador da Espanha e vencedor da Bola de Ouro.

A denúncia de Pandev reforça a indignação de Mourinho com a entidade máxima do futebol mundial. Na última terça-feira, o comandante do Real Madrid disparou contra a eleição e afirmou ter recebido ligações de amigos jurando que os votos haviam sido trocados.

Após o evento realizado em dezembro do ano passado, a Fifa divulgou uma lista mostrando os votos dos capitães e técnicos de seleções, além de jornalistas de cada país. Segundo o documento, o capitão macedônio teria votado em Del Bosque em primeiro lugar, seguido pelo italiano Roberto Mancini (Manchester City) e pelo alemão Jurgen Klopp (Borussia Dortmund).

Reprodução
Fifa publicou documento para divulgar os votos de capitães, técnicos e jornalistas para a Bola de Ouro em 2012
“Eu votei em Mourinho, sempre em Mourinho. Aconteceram coisas estranhas. Liguei para Mou e afirmei que, como capitão da Macedônia, votei em José Mourinho. Não sei o que ocorreu. Ele está muito triste. Todos sabemos que aconteceram coisas estranhas, mas não podemos mudar nada. Nem eu, nem Mourinho”, afirmou Pandev ao jornal La Sexta.

Pandev e Mourinho trabalharam juntos na Internazionale na temporada 2009/10. Juntos, conquistaram o Campeonato Italiano, a Copa da Itália e a Liga dos Campeões da Europa. Diante de Chelsea e Barcelona, o macedônio teve papel fundamental na equipe ao recompor a marcação e auxiliar o ataque formado por Samuel Eto’o e Diego Milito.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade