Futebol/Campeonato Gaúcho - ( - Atualizado )

Inter admite possibilidade de mandar mais jogos em Novo Hamburgo

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O Internacional ainda não definiu qual será a sua casa em 2013. Com o Beira-Rio em obras para a Copa do Mundo, o Colorado está entre Caxias do Sul e Novo Hamburgo. O clube acertou mandar a maioria das partidas deste ano no estádio do Caxias, mas a proximidade maior de Porto Alegre com o Vale dos Sinos pode pesar para uma mudança de planos.

Nesta quinta, após a vitória sobre o São Luiz (em Novo Hamburgo), o vice de futebol Marcelo Medeiros confirmou que o Inter pode mandar mais partidas no Estádio do Vale: “A gente sabe que há uma cota de sacrifício por cada partida com mando de campo em que precisamos viajar até Caxias. O Estádio do Vale é acolhedor, mas recebe um público menor do que a capacidade exigida pela CBF”, afirmou o dirigente.

O estádio do Novo Hamburgo fica a 44 quilômetros de Porto Alegre, contra os 120 que separam a capital do Centenário, em Caxias do Sul. No entanto, enquanto o estádio do Caxias tem capacidade para cerca de 30 mil pessoas, o campo do Vale dos Sinos só recebe atualmente 6 mil torcedores – bem menos do que os 15 mil exigidos pela CBF para jogos de competições nacionais.

As reclamações sobre o cansaço provocado pelas viagens até Caxias vieram do técnico Dunga e do grupo de jogadores. A próxima partida do Inter pelo Gauchão, dia 30, contra o Esportivo, está marcada mais uma vez para o Estádio do Vale. O baixo público levado pelo Colorado ao Centenário (menos de 10 mil pessoas foram ao último Gre-Nal jogado lá) também pesa pela preferência do clube por atuar fora da Serra Gaúcha.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade