Futebol/Eliminatórias 2014 - ( - Atualizado )

Japão cai diante da Jordânia e perde chance de vaga antecipada

Amman (Jordânia)

Desfalcado pelo atacante Keisuke Honda e pelo lateral-esquerdo Nagatomo, sem condições físicas para entrar em campo, o Japão sentiu a ausência dos atletas e acabou sucumbindo por 2 a 1 diante da Jordânia, nesta terça-feira, no King Abdullah International Stadium, em Amman. Khalil Baniateyah e Ahmad Hayel Ibrahim marcaram para a seleção da casa. Shinji Kagawa diminuiu para os visitantes, mas Endo desperdiçou penalidade e não conseguiu evitar o fracasso em jogo válido pelo Grupo B das Eliminatórias Asiáticas para Copa do Mundo de 2014.

Com este resultado, a equipe comandada por Alberto Zaccheroni desperdiçou oportunidade de ser a primeira a garantir vaga no Mundial de 2014, realizado no Brasil. Com o empate por 2 a 2 entre Austrália e Omã na madrugada desta terça-feira, bastava ao Japão somar um ponto em Amman para garantir um lugar no torneio organizado pela Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa).

A seleção japonesa continua na primeira colocação do Grupo B, com 13 pontos conquistados em seis partidas. Já a Jordânia chegou aos sete pontos, deixou a lanterna e assumiu a segunda colocação. Neste momento, as duas equipes estariam classificadas diretamente para a próxima edição da Copa do Mundo. Austrália (seis pontos), Omã (seis pontos) e Iraque (cinco pontos) completam a chave.

O Japão terá nova chance de assegurar um lugar no Mundial de 2014 em 3 de junho, quando mede forças com a Austrália, em casa. Antes disso, a seleção comandada por Zaccheroni realiza amistoso contra a Bulgária, em 29 de maio. A Jordânia, por sua vez, retorna ao torneio continental em 10 de junho, quando também enfrenta o time australiano.

AFP
Após a Jordânia ser goleada por 6 a 0 pelo Japão em 2012, torcida jordaniana celebrou 'vingança' nesta terça-feira

Caso confirme a vaga, os japoneses participarão de uma edição da Copa do Mundo pela quinta vez em sua história. Presente em 1998, 2002, 2006 e 2010, a equipe asiática tem como melhor campanha duas eliminações nas oitava de final, em 2002 e 2010, quando sucumbiu diante de Turquia e Paraguai, respectivamente.

Ainda neste ano, a seleção japonesa disputa a Copa das Confederações, realizada em território brasileiro entre 15 e 30 de junho. O time asiático está classificado no Grupo A, onde mede forças com Brasil, Itália e México. O confronto com a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari será realizado em 15 de junho, em Brasília.

Disputada por 43 países em seu início, as Eliminatórias Asiáticas estão em sua fase final e contam com a participação de dez seleções, divididas em dois grupos. Os dois melhores classificados de cada chave garantem vaga direta na Copa do Mundo de 2014. Já as equipes que ficarem na terceira posição fazem duelo de ida e volta por uma vaga na repescagem, onde medirá forças com o quinto colocado das Eliminatórias Sul-americanas.

Uzbequistão vence Líbano e recupera liderança do Grupo A

Ultrapassado pela Coreia do Sul na manhã desta terça-feira, o Uzbequistão não demorou a dar a resposta aos rivais asiáticos e retomou a liderança do Grupo A das Eliminatórias. Atuando no Paxtakor Markaziy Stadion, em Tasquente, a seleção da casa se impôs diante do Líbano e triunfou por 1 a 0, com gol do meio-campista Server Djeparov.

Com este resultado, a equipe comandada pelo treinador Mirjalol Qosimov reassumiu a primeira colocação, com 11 pontos. A vice-líder, Coreia do Sul, soma dez pontos, mas tem um jogo a menos (6 a 5) na competição continental. Irã (sete pontos), Catar (sete pontos) e Líbano (quatro pontos) completam a chave.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade