Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Jesus Lopes critica arbitragem, mas lamenta chances desperdiçadas

Luiz Ricardo Fini e Helder Júnior São Paulo (SP)

A diretoria do São Paulo reforçou as reclamações dos jogadores contra a arbitragem de Leandro Bizzio Marinho no Morumbi. Depois da derrota por 2 a 1 para o Corinthians, neste domingo, o vice-presidente de futebol tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, criticou o pênalti assinalado para o rival, mas lamentou também as chances desperdiçadas pelo time mandante na frente.

“Para mim, não foi pênalti, mas não transfiro o resultado em função disso. Perdemos várias oportunidades e poderíamos ter conseguido um placar elástico, se tivéssemos aproveitado melhor as chances que criamos”, afirmou.

O elenco são-paulino ficou indignado com a decisão de Leandro Bizzio Marinho, que marcou infração de Rogério Ceni sobre Alexandre Pato dentro da área. No entanto, o dirigente foi além e contestou a arbitragem na competição toda.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Jogadores do São Paulo reclamaram bastante da arbitragem e foram apoiados pela diretoria
“O São Paulo foi bem superior na partida e temos de estar preparados, porque a arbitragem no Campeonato Paulista é frequentemente muito ruim. Essas coisas acontecem e temos de estar preparados para fazer o resultado. Saio satisfeito com o desempenho da equipe, que jogou bem”, comentou.

Em meio a mais críticas à arbitragem, Jesus Lopes ainda avisou que o pensamento do São Paulo está voltado ao jogo contra o Strongest, na quinta-feira, pela Copa Libertadores da América.

“Os jogadores saíram irritados com a performance do juiz, não só pela questão do pênalti, mas também pela total ausência na marcação de faltas. Mas nosso foco está na quinta-feira e, pelo que jogou hoje (domingo), tenho certeza de que o São Paulo tem plenas condições de fazer o resultado na Bolívia”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade