Futebol Internacional/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Líder United aproveita vacilo do City, bate Reading e abre 15 pontos

Manchester (Inglaterra)

Com um gol de Wayne Rooney, o Manchester United venceu o vice-lanterna Reading por 1 a 0, no Old Trafford, em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Inglês, e aumentou para 15 pontos a vantagem em relação ao segundo colocado, o arquirrival e atual campeão Manchester City, que mais cedo foi derrotado por 2 a 0 pelo Everton.

Desde que ficou no banco de reservas na partida contra o Real Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, Rooney tem sido alvo constante de especulações da imprensa inglesa. Os rumores davam conta de que Ferguson considerava abrir mão de do atacante no fim da temporada, pois estaria insatisfeito com sua forma física. O comandante do United negou que o jogador esteja na “lista de dispensáveis”.

Com o resultado, e a apenas nove rodadas do fim da competição, o United fica cada vez mais perto da conquista de seu 20º título inglês - destes, doze foram conquistados sob o comando de Alex Ferguson.

AFP
Rooney começou a partida deste sábado na equipe titular, formando o ataque com Welbeck e Van Persie
O jogo – A diferença técnica, traduzida pela distância entre as duas equipes na tabela de classificação, ficou evidente durante a partida. O United teve maior volume de jogo e conseguiu criar muitas chances de gol. O problema foi na hora de finalizar. Os Diabos Vermelhos abusaram das chances perdidas.

O único gol da partida saiu dos pés do criticado Wayne Rooney, aos 20 minutos de jogo. Rio Ferdinand, que voltou a ser convocado depois de quase dois anos para defender a seleção inglesa, fez boa jogada na intermediária e tocou para Rooney. O atacante do United chutou, a bola desviou na zaga do Reading e matou o goleiro Taylor.

A única chance clara do Reading foi aos 32 minutos do primeiro tempo. Robson-Kanu arriscou de fora da área, e a bola passou muito perto da trave defendida por De Gea, que já estava batido no lance.

No segundo tempo, o Manchester teve chances para ampliar o placar. Aos 39 munutos, Welbeck fez boa jogada e tocou para Rooney, que, dentro da área, finalizou de primeira. A bola passou com perigo por cima da meta defendida por Taylor. No fim do jogo, aos 48, o japonês Kagawa cruzou para Van Persie, que aparecia livre no meio da grande área. O holandês acertou um lindo voleio, mas a bola passou novamente por cima do gol, frustrando os torcedores presentes no Old Trafford.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade