Futebol/Campeonato Mineiro - ( )

Marcelo Oliveira espera por dificuldades contra Villa Nova

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Líder isolado do Campeonato Mineiro com 19 pontos, o Cruzeiro colocará está liderança em jogo no próximo sábado, enfrentando o Villa Nova, no estádio Castor Cifuentes, campo de dimensões reduzidas. Adotando postura cautelosa para o duelo, o treinador Marcelo Oliveira destacou que as partidas contra o Leão do Bonfim tradicionalmente são complicadas e que todos os cuidados devem ser tomados para evitar um revés.

“Espera-se um jogo difícil, inicialmente e teoricamente de muita competição, tem que ter um espírito próprio. Nós temos que nos adaptar rapidamente à dimensão do campo e ao gramado, em que você não deve correr muito com a bola e nem tocar de primeira, mas dar uma dominada e tocar, e para isso é preciso ter uma movimentação constante”, declarou.

O comandante celeste quer atenção especial nas bolas aéreas do Villa Nova. “Temos que disputar muito a bola aérea e lutar pela segunda bola. Na Libertadores você encontra muito esse tipo de jogo, muito acirrado, de muita marcação. O Cruzeiro tem que estar preparado, os jogadores mais técnicos também entrar no espírito e usar a técnica quando for solicitado”, disse.

Para que os jogadores não sintam tanto os problemas do campo pequeno em Nova Lima, Marcelo Oliveira tem comandado treinos reduzindo as dimensões do gramado da Toca da Raposa. A ideia é simular as dimensões reduzidas do local do jogo contra o Leão.

“Nós vamos tentar adequar a medida do campo, principalmente, um campo um pouco mais estreito, e fazer uma adaptação dessa bola área, pois vai ser um jogo de muito bola aérea, temos que trabalhar para ter a posse, uma marcação firme, e tentar impor a bola aérea ofensiva”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade