Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Muricy ainda não apaga críticas na Vila: “Você gosta de ser vaiado?”

Bauru (SP)

Diferentemente da última quinta-feira, quando levou empate do Mogi Mirim no fim da partida e saiu da Vila Belmiro vaiado, o time do Santos venceu o Oeste, neste domingo, definindo o resultado aos 41 minutos do segundo tempo, com gol de Cícero. Após a festa da torcida que compareceu ao estádio Alfredo de Castilho, em Bauru, o técnico Muricy Ramalho se irritou com a lembrança das críticas da semana passada.

“Você gosta de ser vaiado, de ser chamado de burro? Ser vaiado não ajuda o time, isso não existe”, bradou o treinador, na última resposta de sua entrevista coletiva. Motivado a superar a desconfiança, o Peixe foi superior ao Oeste desde os primeiros minutos de bola rolando e, mesmo sem tanta técnica, mostrou garra para buscar o resultado: “Na quinta-feira não jogamos mal, foi a melhor posse de bola que tivemos. E é uma coisa que eu cobro bastante, porque só temos homem de velocidade. Em Santos tomamos castigo no final, aqui foi o contrário. O Paulista é complicadíssimo. Mas no mata-mata que vamos ver os grandes times”.

Com 32 pontos, o Santos se manteve na terceira colocação do Campeonato Paulista a três rodadas do encerramento da primeira fase. Virtualmente classificado para as quartas de final do torneio estadual, Muricy fez duras críticas ao gramado do estádio de Bauru: “Gosto da cidade, tenho amigos no Noroeste, mas esse campo é lamentável, não tem condições de jogo. Dá para fazer tudo aqui, menos futebol”.

“Esse grupo do Santos ganhou seis títulos nos últimos três anos, então é assim que se chama atenção. Eu ganhei quatro, por isso o público comparece, porque o time ganha. Onde a gente vai sempre tem bom público. Futebol é assim: se você ganha, sai aplaudido, se perde é vaia, isso é natural no futebol. Não se mede trabalho por trabalho, mas por resultado”, disse o comandante do Santos, tentando minimizar as vaias na Vila Belmiro e enaltecer o público de Bauru.

Alan Santos ganha elogios do professor – Substituto de Arouca, que sentiu dores musculares no treino de sábado, já em Bauru, o garoto Alan Santos ganhou elogios do técnico Muricy Ramalho: “Ele é uma surpresa que aposto desde o ano passado. Um jogador que é do clube, estava encostado, mas que vai ser titular do Santos daqui a um tempo. Ele toma conta do meio-campo mesmo sendo jovem. É difícil ficar muito tempo sem jogar e entrar em uma correria dessas, então eles foram bem”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade