Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Muricy critica duramente expulsões de Felipe Anderson e Patito

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

As expulsões dos meias Felipe Anderson e Patito Rodriguez, nos minutos finais da vitória sobre o Mirassol, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, deixaram o técnico Muricy Ramalho bastante irritado. Contrariado, o treinador do Santos criticou duramente os seus comandados por terem recebido o cartão vermelho em um momento crucial da partida, deixando a equipe com dois jogadores a menos.

“Chamei a atenção deles no vestiário, não deixo para amanhã. Eles são profissionais e precisam estar ligados, sempre. Eu não vi a expulsão do Felipe, mas achei que o Pato foi imprudente. Ele não precisava fazer aquilo para mostrar força. Ele não precisava dar um carrinho naquela altura do campo, ainda mais sendo um jogador de ataque. Não admitimos um erro desse tipo, que pode custar uma vitória”, disparou Muricy.

Segundo o técnico, as ações que devem ser evitadas nos jogos são sempre temas de suas preleções, antes dos jogos. “Peço para eles evitarem reclamações e não ficarem na frente da bola. Também falo para não darem carrinho. O carrinho é sempre um lance perigoso”, ponderou.

Irritado principalmente com a expulsão do argentino Patito Rodriguez, Muricy Ramalho também não poupou Felipe Anderson de críticas. “No futebol, você tem sempre que estar ligado. Para chegar na Europa, como ele quer, precisa melhorar muito e hoje (quinta) foi um exemplo. Ele tem que se manter concentrado. Não vi a jogada em que ele foi expulso, mas ele já tinha o cartão amarelo. Então, o Felipe tinha que ter tomado mais cuidado“, analisou.

O treinador santista ainda revelou que a postura disciplinar, apesar de já ter sido abordada após o triunfo sobre o Leão da Alta Araraquarense, também será lembrada para o clássico com o Palmeiras, que será disputado no próximo domingo, às 16 horas (horário de Brasília), no Pacaembu.

“Isso (expulsões em dois minutos) não existe. Quase perdemos o jogo por causa disso. Vou falar amanhã (sexta) sobre isso também. É falta de concentração. O nosso time é, de maneira geral, disciplinado e vai continuar assim”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade