Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Muricy sinaliza time ideal com Giva: “Achei o parceiro do Neymar”

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Após empatar com o Mogi Mirim na noite de quinta-feira, na Vila Belmiro, em confronto válido pela 15ª rodada do Campeonato Paulista, o técnico Muricy Ramalho pareceu ter encontrado mais pontos positivos do que negativos no Santos. Com muitos elogios para Giva, recém-promovido ao elenco principal santista, o treinador acredita que o jovem atacante é a peça que faltava na formação titular do Peixe.

“Esse time está jogando junto há algumas rodadas, os zagueiros são os mesmos, e a dúvida era o atacante. Estava faltando só o parceiro do Neymar, e o Giva ganhou a posição. Agora não tem dúvida. Ele entrou na equipe, está se achando no campo, faz gol, e não tenta inventar nada. Achei o parceiro do Neymar”, afirmou Muricy.

Indagado se os alvinegros não perderiam o chamado jogador de referência na área com a escalação de Giva, que é um segundo atacante de origem e atua mais pelos lados do campo, o comandante não se abalou.

Divulgação/Santos FC
Neymar já tem um parceiro ideal no Santos: Giva, autor do segundo gol no empate com o Mogi Mirim
Para Muricy Ramalho, o Santos pode jogar tanto com um centroavante quanto com dois avantes de velocidade, que aparecem na área para concluir as jogadas criadas pelo time, casos de Neymar e do próprio Giva, autor do segundo gol da equipe praiana contra o Sapão.

“Volto a repetir: às vezes o cara é fixo e fica no meio de dois zagueiros. Se a gente tivesse feito essa opção contra o Mogi, o cara não jogaria, praticamente. O Giva é difícil de marcar, pois ele não fica em um lugar fixo. O Giva confunde um pouco a defesa adversária, mais do que o atacante fixo. Existem vezes em que funciona. Como o Giva está bem, fazendo gol, continua assim”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade