Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Ney Franco aprova só 20min, mas confia em recuperação fora de casa

São Paulo (SP)

O São Paulo jogou bem somente nos 20 minutos finais do empate desta quinta-feira por 1 a 1 com o Arsenal. Essa foi a avaliação de Ney Franco sobre a atuação de seu time diante do lanterna do grupo 3 da Libertadores, no Pacaembu.

"O adversário soube se armar e jogar contra a gente. Nossa equipe jogou os 20 minutos finais como queríamos jogar o tempo todo. Embora tenhamos criado oportunidade de gol, além do gol do Jadson, com duas bolas na trave, o parâmetro (ideal) seria o dos 20 minutos finais, em cima do adversário, acertando passe", disse o técnico.

Mesmo insatisfeito, ele acredita em uma rápida reação. Daqui a uma semana, o São Paulo volta a enfrentar o Arsenal, mas na Argentina. Pelos dois pontos que deixou de ganhar ao ceder o empate como mandante, o treinador não se contentará com outro resultado que não seja a vitória.

"Falei na reunião com os jogadores que estamos vivos na competição. Deixamos de fazer o dever de casa e temos que recuperar esses pontos na quinta-feira. Nossa equipe tem força para se recuperar e superar esse momento pelo qual está passando. Já tem que mostrar força na quinta-feira que vem", cobrou.

Com a vitória do Atlético-MG (líder com nove pontos) sobre o The Strongest, a equipe paulista se isolou na segunda colocação da chave, cinco pontos abaixo. O time boliviano é o terceiro, com três, enquanto o Arsenal aparece em último, somando um só ponto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade