Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Olaria e Madureira fazem choque do Subúrbio; Bangu pega Duque

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Além de Botafogo x Quissamã, mais quatro partidas movimentam o sábado pela primeira rodada da Taça Rio, segundo turno do Rio de Janeiro, todas começando às 16 horas (de Brasília). Na Rua Bariri, no bairro de Olaria, no Rio de Janeiro, Olaria e Madureira fazem um choque entre duas equipes do Subúrbio com grande tradição na competição. O duelo é válido pelo Grupo A.

As duas equipes têm objetivos diferentes na Taça Rio. O Madureira, que ficou com 12 pontos na Taça Guanabara, primeiro turno, sonha com uma vaga nas semifinais, enquanto que o Olaria, que só fez três pontos na competição e tem a pior campanha entre os 12 participantes, quer mesmo é afastar o fantasma do rebaixamento.

Uma prova dos planos das duas equipes está no investimento. O Madureira acertou para a Taça Rio com o veterano zagueiro Fernando, ex-Flamengo, com o meia argentino Leandro Chaparro, que estava no Vasco, além dos apoiadores Jonathan Enriquez, também argentino, e Caio, que estava nas categorias de base do Fluminense. Já o Olaria teve como principal reforço o jovem atacante Lipe, com passagens apagadas por Grêmio e Vasco.

Também pelo Grupo A o Friburguense recebe o Nova Iguaçu no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo. O primeiro fez nove pontos na Taça Guanabara, quatro a mais que o adversário.

Bangu pega Duque de Caxias - Com 14 pontos, o Bangu fez a melhor campanha da Taça Guanabara entre as equipes de menor investimento. Neste sábado, pelo Grupo B, o time recebe o Duque de Caxias em Moça Bonita, no bairro de Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Já a equipe da Baixada Fluminense fez apenas cinco pontos e corre risco de rebaixamento. Ao fim das disputas, os dois últimos colocados na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos, estarão rebaixados para a Segunda Divisão.

Com a vaga nas semifinais da Taça Guanabara sendo perdida na semifinal, já que o time esteve boa parte da disputa na zona de classificação, o Bangu espera não bater na trave na Taça Rio.

"Nós só perdemos a vaga nas semifinais porque tivemos uma campanha fraca em casa. Mas agora não podemos mais cometer esse erro e precisamos começar a Taça Rio com um triunfo sobre o Duque de Caxias", disse Cleimar Rocha, técnico do Bangu.

Também pelo Grupo B o Macaé recebe o Boavista, que assim como o Bangu fez 14 pontos na Taça Guanabara, no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé. Os macaenses somaram oito pontos até o momento.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade