Futebol - ( - Atualizado )

Pato sente dores inéditas, mas elogia muito profissionais do Timão

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Alexandre Pato vai fazer contra o Tijuana seu 11º jogo pelo Corinthians, um número que, muitos esperavam, demoraria bem mais para ser atingido. Feliz com a sequência, o atacante disse estar vivendo “prazer e dor, tudo junto”, em seu trabalho no Alvinegro.

“Vou ser sincero. Tem coisas que estou sentindo que nunca tinha sentido, mas estou muito feliz. Tenho trabalhado agilidade e potência. Lá (na Itália), trabalhava mais a força. Os profissionais do Corinthians são perfeitos. Estou muito feliz por ter encontrado esses profissionais”, afirmou.

Por causa de suas recorrentes lesões musculares nos tempos de Milan, Pato vem recebendo uma atenção grande dos fisioterapeutas alvinegros. Bruno Mazziotti está sempre trabalhando com ele, que só pôde estrear pelo Timão quando equilibrou a força de suas pernas.

Djalma Vassão/Gazeta Press
O atacante Alexandre Pato prefere não estabelecer metas de jogos e de gols no ano
Ao fim de cada jogo, o camisa 7 passa por um exame de sangue que detecta o nível de desgaste muscular. Apesar das dores inéditas que relatou, ele vem mostrando resultados que lhe permitiram a sequência tanto buscada nas últimas temporadas.

Pato está longe de ficar satisfeito. “Eu escolhi o Corinthians porque queria jogar. Eu me informei sobre a comissão técnica, sobre o elenco, sobre todos os profissionais. E encontrei realmente ótimos profissionais. Estou feliz pela sequência, mas faltam bastantes jogos ainda.”

O atacante repetiu várias vezes que está “trabalhando ao máximo” para atingir uma boa forma, incluindo aí a parte técnica. Listados “o cabeceio, o chute, a corrida, o domínio”, afirmou estar sempre em busca de evolução, sem projetar números.

“Não tenho uma meta de jogos. Quero é jogar todos os jogos. Com gol, é a mesma coisa. Se a bola entrar, melhor, mas o importante é o gol do time sair. Posso dar assistências, fazer o companheiro marcar. O que importa é o meu time, o Corinthians, ser campeão”, resumiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade