Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ponte lamenta “prejuízo técnico significativo” com lesão de Ferrugem

Campinas (SP)

A contusão de Ferrugem ainda não foi bem digerida pela Ponte Preta. Após os protestos de jogadores e até do técnico Guto Ferreira em entrevistas e postagens na internet, a diretoria da Macaca resolveu se pronunciar sobre o caso. Neste sábado, o clube divulgou uma nota para atualizar o torcedor sobre o estado de saúde do atleta e lamentar o “prejuízo técnico significativo” que a equipe terá sem o seu volante.

Ferrugem defendia a Ponte Preta quando recebeu um carrinho por trás do atacante Danielzinho, na vitória por 3 a 1 sobre o São Caetano, no último domingo, no estádio Moisés Lucarelli. Com o rompimento dos ligamentos do tornozelo esquerdo e uma fratura no pé, o jogador foi submetido a uma cirurgia e ficará seis meses longe dos gramados.

“O prejuízo é enorme em todos os sentidos. Trata-se de um belíssimo jogador, que faz mais de uma função, pois joga tanto no meio, como segundo volante e terceiro homem no meio de campo. É lamentável, mas é um problema que temos de encarar e dar a volta por cima. Torcemos pela recuperação mais rápida do Ferrugem, para que possamos tê-lo novamente em nosso grupo”, declarou Marcus Vinícius, gerente de futebol da Macaca.

Divulgação/PontePress/ Guilherme Dorigatti
Ferrugem ficará seis meses longe dos gramados e Danielzinho será julgado pelo STJD nesta segunda-feira
Liberado para iniciar a sua recuperação em casa, Ferrugem aguarda o aval dos médicos para começar as sessões de fisioterapia. Segundo o diretor executivo de futebol da Ponte Preta, Ocimar Bolicenho, o período sem o atleta será de dificuldades para o técnico Guto Ferreira.

“Sem contar a perda pessoal, a maior perda efetiva é a técnica, de um atleta que fica impedido de jogar por tão longo período. Um jogador que estava completamente entrosado no grupo, entrando em várias posições na equipe e estava correspondendo”, comentou o dirigente, que preferiu não se pronunciar sobre a situação de Danielzinho. O jogador do São Caetano levou apenas o amarelo na partida e será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta segunda-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade