Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Presidente e técnico do São Caetano lamentam contusão de Ferrugem

São Caetano do Sul (SP)

O presidente e o técnico do São Caetano, Geninho e Nairo Ferreira de Souza, respectivamente, lamentaram a contusão sofrida pelo volante Ferrugem, da Ponte Preta, na noite deste domingo, no Moisés Lucarelli, onde os dois times se enfrentaram pelo Campeonato Paulista.

“Lastimamos muito a grave contusão do Ferrugem. Foi uma fatalidade. Tenho certeza que foi um acidente de trabalho, porque o Daniel não teve a intenção de machucar o adversário. Estamos à disposição para ajudar”, afirmou o mandatário do Azulão.

Já o treinador caetanista revelou uma conversa com o atacante Danielzinho, que dividiu bola com Ferrugem no lance que originou a fratura e o rompimento de ligamentos do jogador da Macaca. De acordo com o comandante, Danielzinho está abatido.

“Perguntei como ele estava se sentindo. Claro que foi um lance imprudente, mas não houve maldade. Ele é do ataque, então não está acostumado a fazer faltas. Ele me disse que foi na bola, mas foi de forma errada e acabou acertando um companheiro”, encerrou Geninho.

Autor do único gol do time do ABC Paulista na derrota por 3 a 1, Danielzinho garantiu que ficou “triste” pela contusão do adversário, que deve ficar de fora dos gramados por, pelo menos, quatro meses. 

"Foi um lance involuntário. Uma disputa de bola que infelizmente terminou em uma séria lesão para um companheiro de trabalho. Quero pedir desculpas ao Ferrugem e dizer que foi uma fatalidade, jamais eu tive a intenção de acertá-lo. Espero que ele tenha uma ótima recuperação e, quando possível, vou conversar com ele sobre o ocorrido", disse o atacante do Azulão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade