Futebol/Copa Libertadores da América - ( )

Sem técnico, Nacional visita Boca em briga pela liderança do Grupo 1

Buenos Aires (Argentina)

A partir das 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira, dois dos mais tradicionais clube sul-americanos se enfrentam pela fase de grupos da Libertadores da América. Boca Juniors e Nacional-URU duelam em La Bombonera pela primeira posição do Grupo 1 da competição. Os uruguaios têm três títulos do torneio, enquanto a equipe portenha já foi campeã seis vezes.

O Boca não vem, no entanto, fazendo jus à própria tradição, pelo menos neste começo de competição. Com uma vitória e uma derrota, a equipe de Carlos Bianchi ocupa a terceira posição da chave. Para reverter esse cenário e dar um salto na tabela, os anfitriões contarão com sua principal estrela, o meia Juan Román Riquelme, que fez sua primeira partida do ano no último final de semana, pelo Campeonato Argentino.

Já o Nacional, apesar da liderança do grupo, com quatro pontos conquistados, vive um momento de incerteza. Nessa terça, dois dias antes do jogo, o técnico Gustavo Díaz pediu demissão, pela inconstante campanha no Campeonato Uruguaio – a equipe ocupa apenas a 13ª posição. Assim, o ex-botafoguense Loco Abrreu e os demais atletas relacionados serão comandados interinamente por Juan Carlos Blanco, consultor técnico do clube, e Gustavo Bueno, treinador do time de juniores.

Ainda pelo Grupo 1, o Toluca recebe o Barcelona-EQU às 0h15 (de Brasília) desta sexta-feira. Os mexicanos ocupam a vice-liderança, com três pontos, enquanto a equipe equatoriana segura a lanterna, com um único ponto. Para fechar a rodada desta semana, o Independiente Santa Fe, terceiro colocado do Grupo 6, visita o lanterna Cerro Porteño às 19h15 (de Brasília) desta quinta.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade