Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Técnico atende Timão e libera Paolo Guerrero da seleção peruana

Lima (Peru)

Em nome do Corinthians, o técnico Tite enviou uma carta para o treinador da seleção peruana, Sergio Markarián, pedindo a liberação de Paolo Guerrero do amistoso contra Trinidad e Tobago. Nesta segunda-feira, o comandante peruano aceitou dispensar o centroavante da convocação, mas deixou claro que a decisão final é da Federação Peruana de Futebol (FPF).

“Já tomei uma decisão. Eu autorizo a liberação, o que é aceitável, pois ele vem de uma sequência forte de jogos. Não quero que ele venha, jogue e se lesione. E também é bom lembrar que contra Trinidad e Tobago nós não jogaremos nossa vida”, revelou Markarián.

O Mago, como é chamado em seu país, garante ter conversado com Guerrero, que demonstrou vontade em ajudar os companheiros na seleção. “Não sou a autoridade máxima da FPF, mas vou comunicar minha decisão e, se eles aceitarem, confirmaremos a liberação. É uma pena, pois conversei com ele e ele queria estar com os garotos”, lamentou.

AFP
Pedido de Tite foi aceito por Markarían e Paolo Guerrero espera aval da federação peruana para não viajar para Lima
A partida diante de Trinidad e Tobago está marcada para o dia 26 de março e será disputada no Estádio Nacional, em Lima. Antes do amistoso, porém, o Peru tem compromisso pelas Eliminatórias Sul-americanas da Copa do Mundo de 2014. O adversário é o Chile, também em Lima, no dia 22 de março. Suspenso, Guerrero já não enfrentaria os chilenos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade