Futebol/Campeonato Baiano - ( - Atualizado )

Bahia e Vitória entram em campo em rodada que antecede o clássico

Salvador (BA)

Ocupando a liderança de seus respectivos grupos na segunda fase do Campeonato Baiano, Bahia e Vitória entram em campo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na rodada que antecede o esperado clássico de reabertura da Fonte Nova, marcado para o dia 7 de maio, domingo.

Com 100% de aproveitamento na segunda fase, o Vitória, líder do grupo 2, recebe o Feirense, que ocupa a terceira colocação do grupo 1 e precisa de um bom resultado no Barradão para se manter na briga por uma vaga na semifinal.

“O Feirense tem uma equipe muita rápida e boa. Temos que ter cuidado nesta partida de domingo”, declarou o técnico do Vitória Caio Júnior, prevendo dificuldades para o jogo.

O grande reforço será a volta do zagueiro Victor Ramos à defesa do Vitória. O jogador, que desfalcou o Rubro-Negro nas últimas rodadas por causa de uma lesão muscular, foi relacionado por Caio Júnior e deve formar a zaga titular com Gabriel Paulista. Mais duas novidades aparecem entre os escolhidos por Caio Júnior para a partida: o atacante Marquinhos, que negocia sua saída para o Goiás, ficará no banco de reservas. Já o meia Leílson, que não atua desde o ano passado devido a uma lesão, também serão opção o treinador do Vitória entre os suplentes.

O Tricolor Baiano, líder do grupo 1, com quatro pontos conquistados, jogará contra o Bahia de Feira, no estádio Joia da Princesa. O técnico Jorginho poderá ter a volta do centroavante Souza, que, recuperado de lesão na panturrilha, treinou na manhã desta sexta-feira no Fazendão. Mas a tendência é que o ataque titular continue sendo formado por Adriano Michael Jackson e Obina.

“É um grande jogador, que nos ajuda muito em campo. Espero que essa parceria continue dando certo, com os dois fazendo muitos gols para ajudar o clube”, disse Obina sobre sua dupla com Adriano.

Revelado pelo Vitória, Obina prefere não pular etapas, e deixa para pensar no Ba-Vi da próxima rodada apenas após o jogo contra o Bahia de Feira. “Acho que o foco maior agora é o Bahia de Feira, tentar vencer o jogo e, depois disso, vamos pensar no clássico”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade