Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

XV de Piracicaba bate o Sorocaba e encerra jejum de vitórias

Sorocaba (SP)

Diante de um nervoso Atlético Sorocaba, o XV de Piracicaba foi ao estádio Walter Ribeiro e conseguiu voltar a vencer no Campeonato Paulista. Em duelo válido pela 14ª rodada, os piracicabanos conseguiram bater os atleticanos por 1 a 0 e encerraram um jejum de vitórias que já durava sete partidas.

Com estratégia baseada nos erros dos sorocabanos, o técnico Edson Só apostou na velocidade de Anderson Lessa par ao segundo tempo e foi premiado. O atacante aproveitou passe de Marcelo Soares e fez o Nhô Quim vencer pela primeira vez desde os 3 a 0 sobre o São Bernardo e chegar aos 14 pontos contra nove dos mandantes, que ficam na zona de rebaixamento até o meio de semana.

Na próxima rodada, a 15ª da competição, o XV de Piracicaba volta a campo na quarta-feira às 19h30 (de Brasília). O adversário será o desesperado São Caetano no estádio Anacleto Campanella. Na quinta-feira, também às 19h30, o Atlético Sorocaba viaja para o ABC Paulista, onde encara o São Bernardo no estádio 1ª de Maio.

O jogo – Nervosos em campo, os donos da casa tiveram dificuldades nos primeiros minutos e apostavam na velocidade de Bruninho para criar os principais lances. Aos poucos, no entanto, o nervosismo passou a atrapalhar e a equipe somava três cartões amarelos antes dos 30 minutos.

A estratégia do XV tentava tirar proveito do estado psicológico dos atleticanos e o meia-atacante Diguinho surgiu como grande alternativa com dribles e toques rápidos. O jogo seguiu travado durante o primeiro tempo, sendo um chute cruzado do meio campista sorocabano Hélton Luiz a única chance clara.

De volta dos vestiários, o técnico Edson Só pediu que os jogadores realizassem uma pressão nos minutos iniciais e resolveu lançar Anderson Lessa na vaga de Léo Mineiro. A mudança logo surtiu efeito e o atacante vindo banco de reservas precisou de apenas cinco minutos em campo para abrir o placar.

Em desvantagem, os atleticanos se lançaram ao ataque com a entrada do veloz Misael na vaga do lateral direito Tiago Baiano. Bruninho seguia coordenando as jogadas ofensivas, mas o desespero abria espaços na defesa para os contra-ataques do Nhô Quim, que soube administrar o resultado e garantir os três pontos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade