Atletismo/Maratona de Boston - ( )

Cerca de 100 feridos na Maratona de Boston já foram liberados

Boston (Estados Unidos)

Cerca de 100 feridos nas explosões que marcaram a Maratona de Boston, nos Estados Unidos, na última segunda-feira, já receberam alta hospitalar. A estimativa é que 70 pessoas ainda permaneçam internadas em virtude das lesões provocadas no incidente, das quais 17 estão em estado grave. Entre os feridos foram registrados muitos casos de amputação de membros.

As autoridades norte-americanas informam que ainda não trabalham com possíveis suspeitos. Os Estados Unidos ainda não conseguiu identificar se as explosões foram um atentado doméstico ou um ataque internacional. Nos primeiros exames da perícia, foram encontrados destroços de uma panela de pressão, que se suspeita ter sido usada como bomba.

AFP
Norte-americanos prestam homenagens às vítimas do atentado da Maratona de Boston

O atentado na tradicional Maratona de Boston foi responsável pela morte de três pessoas. As vítimas já foram identificadas. Uma estudante chinesa, cujo nome não foi revelado à pedido da família, foi confirmada entre as vítimas. Ela cursava pós-graduação na Universidade de Boston.

Além da chinesa, a norte-americana Krystle Campbell, de 29 anos, que acompanhava a prova, também foi identificada como uma das vítimas fatais. Martin Richard, um garoto de oito anos que esperava a chegada do pai na corrida, foi o primeiro nome confirmado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade