Aletismo/Maratona de Boston - ( - Atualizado )

Brasileiros participantes de maratona lamentam tragédia em Boston

Boston (Estados Unidos)

Presente na Maratona de Boston, Pedro Cerize não demorou a usar o twitter para lamentar a tragédia no final do evento. O atleta estava entre os 131 brasileiros que participaram da tradicional prova do calendário mundial e lamentou a explosão nas proximidades da linha de chegada do evento.

“Uma festa linda dessa termina em tragédia. A chegada estava cheia de famílias e crianças torcendo por pessoal que elas nem conheciam. Nunca vou entender a cabeça e a covardia de um terrorista que ataca crianças e famílias”, publicou o brasileiro na rede social.

Realizada em uma conhecida por abrigar uma grande quantidade de brasileiros, Boston estava repleta de turistas, já que 15 de abril é o Dia do Patriota nos Estados Unidos. Diante desta situação, o brasileiro acredita que não foi um acidente.

AFP
No feriado americano, 131 brasileiros participaram da tradicional prova do calendário mundial.
“Muito triste esse incidente. Ainda não declararam que foi terrorismo, mas o local foi escolhido a dedo. Difícil ser acidente”, concluiu Pedro Cerize. Até o momento, as autoridades de Boston confirmaram duas mortes e 23 feridos.

O empresário paulistano Adilson Bachini, que viajou a Boston justamente para participar da prova em Boston. Em entrevista à Globo News, o corredor afirmou que não entendeu o que estava acontecendo no momento e chego a pensar que o barulho seria uma forma de saudação.

“Eu pensei que era um canhão saudando os corredores, por ser feriado nacional, mas na hora que eu vi, tinha uma fumaça muito grande. Os policiais pularam as grades, o pessoal da organização ficou apavorado e mandaram a gente dispersar”, explicou Adílson.

Treinador da MPR Assessoria, Marcos Paulo Reis, experiente em corridas de rua, acompanhou uma equipe de corredores brasileiros na Maratona de Boston. Através de seu twitter, o técnico tranquilizou aos parentes e amigos de seus atletas, explicando que todos estavam em segurança.

“A MPR informa que todos os alunos da Assessoria, que participaram da Maratona de Boston, estão bem e em segurança. Sentimos pelo ocorrido”, escreveu Marcos Paulo Reis.

Após a tragédia, o Itamaraty informou que, até o momento, não há registro de brasileiros mortos ou feridos pelas explosões ocorridas na chegada da Maratona.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade