Atletismo/Copa Brasil Caixa de Provas Combinadas - ( - Atualizado )

Tamara e Francisco vencem Copa de Provas Combinadas em Campinas

Campinas (SP)

A Copa Brasil Caixa de Provas Combinadas, realizado em Campinas, foi encerrada neste domingo com dois vencedores inéditos. No masculino, o cearense Francisco Irlândio da Silva teve o melhor desempenho no decatlo, enquanto Tamara Alexandrino, que pela primeira vez disputou na categoria adulta, foi a melhor no heptatlo feminino.

Atleta do ASA São Bernardo, Francisco acumulou 6.965 pontos para ficar com o título. O bom desempenho fez com que o cearense ficasse na liderança durante toda a disputa. Ao total, ele terminou em primeiro nos 100 m, no 110 m com barreira, no salto em distância ao saltar 7,09 m, e no salto com vara, com 4,70 m; ficou em 12º no arremesso de peso, com 10,83 m; terminou em quarto no salto em altura, com 1,89 m, e nos 400 m; foi o segundo no lançamento de disco, com 35,40 m; e foi o 12º nos 1500 m.

"A Copa Brasil é a única competição que faço no decatlo. Tenho muitos amigos e venho também para vê-los. Sabia que dava para vencer e entrei em todas as provas confiante, apesar de a minha especialidade ser o salto com vara", declarou o campeão. Pedro Franco de Lima e Renato Linhares dos Santos ficaram na segunda e na terceira colocação geral, respectivamente.

Tamara também se manteve em primeiro desde a primeira etapa. Ao longo da competição, a carioca ficou em segundo lugar nos 100 m com barreiras e nos 200 m; Nos 800 m, ficou em 7º; e foi a primeira colocada no arremesso de peso, com 14,13 m, no salto em altura, no 1,78 m, no salto em distância, com 6,09 m, e no lançamento do dardo, com 44,05 m.

Aos 19 anos, a atleta ficou com 5.673 pontos. A paraguaia Camila Pirelli fez 5.673 e ficou em segundo, seguida pela chilena Carolina Castillo, que somou 5.072.

"Estamos muito felizes com os resultados. A participação da paraguaia ajudou muito, porque força as outras atletas a buscar melhores resultados. É por isso que vamos procurar participar de competições fortes, para que os resultados melhorem ainda mais", declarou a brasileira, que foi medalha de bronze no Mundial de Juvenis de Barcelona, em 2012.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade