Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Alan Santos usa disciplina militar para ganhar confiança no Peixe

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Elogiado pelo técnico Muricy Ramalho pela sua atuação na vitória do Santos sobre o Oeste, no último domingo, em Bauru, o volante Alan Santos quer conquistar a confiança do treinador. Para conseguir este objetivo, o jogador destacou a disciplina adquirida nos anos em que estudou em um colégio militar em Salvador (BA), antes de seguir carreira no futebol.

“O colégio militar foi muito bom para mim, ganhei muita disciplina. Hoje sou um cara que respeita todo mundo e me dedico muito no que eu faço. O meu pai também sempre foi rígido, me ensinou a respeitar qualquer pessoa. Eu tinha que chegar às 6 horas, com sono e tudo, mas a bota tinha que estar brilhando. Qualquer coisa errada eu levava advertência e precisava ir à escola ao sábado para lavar o chão”, contou Alan Santos.

Neste período, a paixão pelo futebol cresceu para o meio-campista. “Jogava com o coturno e tudo mais. Já era louco por futebol e, quando era possível, amassava algumas latinhas, imaginava que era uma bola, e ia brincar com a garotada”, relembrou.

Ricardo Saibun/Santos FC
Volante Alan Santos tem conquistado Muricy Ramalho pela disciplina tática mostrada dentro de campo
Indagado se a experiência em um colégio militar lhe ajudou no convívio com Muricy, Alan Santos minimizou a questão e ressaltou o fato de ter um bom relacionamento com o treinador.

Mesmo assim, o jovem volante sabe que precisa trabalhar forte para ganhar o seu espaço no time. “Ele é um comandante, ele é quem manda. O Muricy é o cara que todo o atleta respeita, pelos títulos que ele ganhou. É um cara vitorioso. Sempre respeitei autoridades, tive educação militar, e sei que tem jogadores que são ídolos aqui. O Arouca, por exemplo. Tenho que trabalhar muito para chegar aonde ele chegou”, finalizou.

Alan Santos deve receber uma nova chance entre os titulares, porque o volante Arouca, desfalque na vitória alvinegra sobre o Rubrão, na última rodada do Campeonato Paulista, por conta de um desconforto muscular na coxa direita, provavelmente também não estará em condições de ir a campo diante do São Caetano, na próxima quinta-feira, no Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade