Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Aloísio herda vaga no ataque e tem nova chance na Libertadores

Tossiro Neto Guarulhos (SP)

A vaga deixada por Luis Fabiano é mais uma vez de Aloísio. Titular na rodada passada, quando o camisa 9 cumpria suspensão automática, o atacante foi confirmado pelo técnico Ney Franco entre os 11 iniciais também nesta quinta-feira, frente ao The Strongest, em La Paz, já que o clube não conseguiu relaxamento da pena.

Na Argentina, Aloísio fez um gol, mas poderia ter evitado a derrota de virada para o Arsenal - ou até garantido a vitória são-paulina - se não tivesse desperdiçado oportunidade de balançar a rede aos 38 minutos do segundo tempo, antes do segundo gol do time de Sarandí. "Não poderia ter errado", admitiu, na ocasião.

Desta vez, novos erros podem custar a classificação às oitavas de final e, por isso, apenas a vitória interessa. "Espero contribuir para que a gente traga esses três pontos da Bolívia", disse o jogador, antes de embarcar, no início da tarde desta quarta-feira.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Como a Conmebol manteve a suspensão de Luis Fabiano, Aloísio ganha mais uma chance no São Paulo
A primeira parada será em Santa Cruz de la Sierra. A delegação só deixa a cidade rumo a La Paz horas antes da partida, marcada para 21h30 (de Brasília) de quinta-feira. O objetivo é diminuir os efeitos da altitude de 3.600 metros do palco do confronto.

"Todos sabemos as dificuldades que existem lá. Vamos escutar o que o Ney Franco tem a nos dizer sobre isso", concluiu Aloísio, que foi reserva em fevereiro, na primeira viagem do time a La Paz, quando o time perdeu para o Bolívar por 4 a 3, na fase preliminar da Libertadores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade