Futebol/Liga dos Campeões da Europa - ( - Atualizado )

Após derrota, treinador da Juventus admite superioridade do Bayern

Turim (Itália)

A derrota da Juventus por 2 a 0 diante do Bayern de Munique, nesta terça-feira, na Allianz-Arena, não surpreendeu o treinador do time alvinegro, Antonio Conte. Reconhecendo a superioridade do clube bávaro no confronto, válido pelas quartas de final da Liga dos Campeões, o técnico exaltou a qualidade da equipe adversária e projetou grande dificuldade para tentar assegurar vaga na sequência do torneio continental.

“isso não foi uma surpresa. Parabéns ao Bayern, pois jogou muito bem. Com certeza temos um time que voltou a ser competitivo na Itália, mas ainda precisamos melhorar para as disputas na Europa. Partidas como esta nos permite compreender a distância entre nós e os times que estão no topo neste momento”, explicou.

Vencedora da Liga dos Campeões da Europa em duas oportunidades (1984-1985 e 1995-1996), a Juventus não alcançava as quartas de final desde a temporada 2005/2006, quando superou o Werder Bremen (Alemanha) e, posteriormente, acabou eliminada pelo Arsenal (Inglaterra). Com isto, a campanha realizada na atual edição do torneio continental já assegura a quebra de tabu que durava sete anos.

A decisão entre Bayern de Munique e Juventus será realizada na próxima quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), no Juventus Stadium, em Turim. O clube bávaro pode perder por até um gol de diferença ou por dois gols se balançar as redes em território italiano. A equipe alvinegra, por sua vez, precisa superar o adversário com vantagem de três em gols. Em caso de triunfo por 2 a 0 do time mandante, a decisão será na prorrogação, com possibilidade de pênaltis.

“Não tenho nenhum recado aos meus atletas. Pedi para que se entregassem completamente. Precisamos ser honestos, nosso adversário é muito forte e nos venceu. Agora temos que nos preparar para a partida de volta. O Bayern tem muita qualidade, mas temos a experiência deste jogo e tentaremos melhorar”, encerrou Conte.

AFP
Sem ser surpreendido com derrota, Conte ressaltou necessidade de a Juventus evoluir no cenário europeu

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade