Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após desacato a policial, presidente garante respaldo a Neto Baiano

Goiás (GO)

Em boa fase no campeonato estadual, o Goiás viveu um final de semana conturbado. No sábado, o Esmeraldino não passou de empate, em 2 a 2, com o rival Atlético-GO. Irritado com o jogo, o treinador Enderson Moreira discutiu com o repórter e saiu de campo sem dar explicações à imprensa. Na madruga de domingo, o atacante Neto Baiano se envolveu em um acidente, foi preso, pagou a fiança e logo foi liberando, gerando especulações sobre o caso. Desta forma, João Bosco Luz concedeu entrevista nesta segunda-feira para amenizar a situação.

Em relação ao atacante Neto Baiano, o mandatário esmeraldino admitiu que realmente houve o acidente, mas colocou fim às especulações alegando que o jogador não estava embriagado. Além disso, também descartou qualquer possibilidade de desligamento do atleta com o Goiás por causa do episódio.

“O Neto Baiano teve um pequeno problema, houve realmente este episódio. Ele estava com sua esposa, bateu seu carro em uma rotatória, o pneu acabou furado e foi abordado pela polícia, que não fez o teste do bafômetro. Ele foi detido, mas não estava embriagado como foi divulgado. Houve um desentendimento e ele foi para a delegacia, mas pagou a fiança e foi embora. Ele teve todo o respaldo do Goiás e continuará tendo. O importante é dar apoio nesse momento”.

Ao analisar a situação de Enderson Moreira, João Bosco Luz afirmou entender que o comandante esmeraldino estava de cabeça quente. Em defesa do treinador, o presidente alegou que foi um fato isolado, no qual deve ser analisado o lado humano da pessoa, que pode se estressar em algum momento de tensão.

“Para o profissional, chega uma hora que, às vezes, ele não suporta. Todos nós somos pessoas serenas, educadas, mas que, de repente, alguma coisa que não te agride, pode me agredir, e nessa agressão, eu vou revidar. O que aconteceu ali foi uma situação normal onde o Enderson se sentiu agredido na entrevista e não foi discutir o mérito se concordo ou não concordo. Ele respondeu daquela forma num momento de stress e infelizmente aconteceu daquela forma. Eu lamento muito o que aconteceu, mas, neste caso, temos de ver o lado humano da pessoa também”.

Questionado sobre a permanência de Enderson Moreira, que é o líder do Campeonato Goiano com apenas uma derrota na competição, João Bosco Luz garantiu respaldo ao treinador. O mandatário lembrou da atuação de seu comandante fora de campo, já que Enderson Moreira sempre mostrou preocupação em outros setores do clube.

“O Enderson é nosso técnico e tem toda confiança da diretoria. O que ocorre é que o trabalho do treinador vai muito além do campo. Ele é o responsável por tudo que está ligado aos jogadores. Está por dentro do departamento médico e de fisiologia. Tem competições difíceis e ainda sim é muito cobrado, inclusive por mim”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade