Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Após jogo em branco, Guerrero conta os dias para voltar a atuar

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Na semana passada, após dois meses, o Corinthians voltou a ter um período mais tranquilo de treinos, sem partida na quarta ou na quinta-feira. Como havia balançado a rede contra o Linense, Paolo Guerrero não ficou muito ansioso para voltar a atuar.

Nesta semana, a paciência do peruano está bem menor. Ele atuou bem e trabalhou de garçom na vitória sobre o Atlético Sorocaba, mas não balançou a rede. Por isso, o artilheiro do Timão na temporada, com 11 gols, já está cansado de esperar.

“Eu já estava acostumado aos jogos de quarta e domingo, agora tenho que aguardar uma semana. Não fiz gol e preciso esperar muito tempo para atuar e tratar de marcar”, sorriu o centroavante, contando os dias para o confronto com a Ponte Preta, no domingo.

“Quero sempre fazer gol, mas fico tranquilo quando a gente ganha. Se não faço e a gente perde, aí é pior”, acrescentou Guerrero, uma das preocupações da boa defesa da Macaca nas quartas de final do Campeonato Paulista. “Estou com muita vontade, sim.”

Apesar da gana, o peruano prefere não estabelecer uma meta de bolas na rede. Ele considera melhor seguir como está, obtendo uma boa média e deixando a Fiel mal acostumada sem fazer contas ou apontando números a ser batidos na temporada.

“Não sou de projetar os meus gols, imaginar quantos vou fazer. Gosto de marcar, claro, sou um centroavante, mas o mais importante é ajudar o meu time. Se eu puder colaborar dando o passe, vou fazer isso. O que importa é o Corinthians vencer”, assegurou.

Divulgação/Agência Corinthians
Paolo Guerrero foi garçom no último jogo e quer voltar logo a balançar a rede (foto: Daniel Augusto Jr.)

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade