Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Após pressão, lateral são-paulino saboreia chance de sair de casa

Tossiro Neto São Paulo (SP)

As críticas que Thiago Carleto ouvia na televisão e lia na Internet a respeito do São Paulo findaram após a classificação na Copa Libertadores. De acordo com o lateral esquerdo, bastou o time vencer o Atlético-MG, na quarta-feira passada, para que mudasse o teor dos comentários recebidos nas ruas e através de redes sociais. Todos passaram a ser elogiosos.

"Todas as mensagens são de felicidade. Nas ruas, dão parabéns a todos os jogadores, não só para o Rogério Ceni ou Ademilson, que fizeram os gols. Falam de todos. Reconhecem que a equipe realmente foi diferente. É isso que a gente quer, e não torcida na porta do CT criticando", disse o jogador, nesta terça-feira, exatamente uma semana depois de ter dito que estava certo da classificação às oitavas de final.

Carleto pôde notar a diferença nas ruas porque o grupo principal, poupado no fim de semana pelo Campeonato Paulista, ganhou dois raros dias de folga. Apesar de ter passado a maior parte do tempo em casa, ele aproveitou a alta da equipe também para passear com a esposa e o filho.

"Antes, com a pressão enorme, era melhor não sair para não ter que ouvir alguma coisa que te deixasse chateado", admitiu o lateral, feliz também pelo bom momento individual.

"Tirei proveito dos primeiros jogos do Paulista. Mostrei que tinha condições não só de ser mais um, mas de jogar, e venho fazendo por merecer. Mas sem desmerecer ninguém, sendo humilde. E sei que preciso melhorar muito ainda, não posso parar por aqui", comentou o camisa 16, não sem elogiar os atuais reservas Cortez e Henrique Miranda.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade