Futebol/Copa Libertadores - ( )

Após ser criticado até pelo porteiro, Ronny curte boa fase no Verdão

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Contratado a pedido do técnico Gilson Kleina, o meia Ronny ainda não conseguiu uma sequência de atuações como titular do Palmeiras, mas sabe que tem a confiança do treinador. A três dias do último jogo da fase de grupos da Copa Libertadores, o ex-jogador do Figueirense vive a expectativa de retomar seu espaço entre os titulares e repetir o que já fez neste final de semana, quando fechou o placar da goleada por 4 a 1 sobre o Guarani, pelo Campeonato Paulista, e saiu de campo elogiado.

“Quando as coisas não estão andando bem até o porteiro da tua casa dá aquela cornetada, mas quando a fase é boa o clima fica melhor, você treina mais leve e tem até mais confiança de fazer as jogadas. Quando a fase está assim tu trabalha mais tranquilo, as coisas saem naturalmente”, refletiu o camisa 17, embalado por cinco vitórias consecutivas, sendo três no Campeonato Paulista e duas na Libertadores, condição que garantiu a classificação para as fases decisivas de ambas.

A chance de Ronny ser titular nesta quinta-feira, contra o Sporting Cristal, no Peru, reside apenas na opção do técnico Gilson Kleina, que não contará com o suspenso Wesley e deve escolher entre o camisa 17 e Tiago Real, que também não tem tido sequência entre os titulares. Independentemente de quem será escalado, Ronny tem o conselho: “Desde o jogo com o Mirassol (derrota por 6 a 2) estamos trabalhando muito isso. O time vem com uma raça que dá orgulho de assistir, tu sai na rua todo mundo fala. Isso vem muito do Gilson”.

“Depois dessa derrota do Mirassol, nossos olhos se abriram. Não que a fase estivesse boa, mas depois disso nosso time não perdeu, porque o sinal vermelho bateu e colocamos para nós mesmos que tinha que mudar. O time botou o pé no chão, viu que tinha que mudar o jeito de jogar e agora está dando certo”, aponta o meio-campista, antes de fazer a auto-crítica: “Estou muito feliz por conta dessa boa fase do grupo e minha. Sei que posso dar mais, venho trabalhando por isso, então penso em ir me adaptando e melhorando para ajudar o Palmeiras”.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Ronny foi titular até com time completo e larga na frente de Tiago Real por vaga contra o Sporting Cristal

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade