Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Após treino com Carlos Alberto e sem Dedé, Autuori apressa reforços

Rio de Janeiro (RJ)

Com as arquibancadas do estádio de São Januário cheias de lixo por conta da falta de limpeza após a partida do Fluminense, nesta quinta-feira, pela Libertadores, o Vasco deu sequência à preparação para o compromisso que encerra sua participação no Campeonato Carioca de 2013. Mesmo suspenso preventivamente por doping pelo período de 30 dias, o meia Carlos Alberto participou da atividade normalmente, à espera do resultado da contraprova.

Durante a atividade que teve o camisa 10 realizando trabalho físico e cobrando faltas, o Cruz-maltino fez apenas uma movimentação leve, sem coletivo. Apesar de não ter escalado o time titular no treino desta sexta-feira, o técnico Paulo Autuori já havia definido os 11 para o embate diante do Madureira, às 15 horas (de Brasília), no estádio Conselheiro Galvão: Michel Alves (Alessandro); Elsinho, Luan, Renato Silva e Yotún; Fellipe Bastos, Filipe Soutto, Pedro Ken e Dakson; Thiaguinho e Tenório (Romário).

Negociado com o Cruzeiro por R$ 15 milhões para a quitação de dívidas, o zagueiro Dedé teve sua saída lamentada pelo técnico Paulo Autuori, que concedeu entrevista coletiva logo após o treinamento: “Assim que cheguei tive que dar entrevista para falar sobre isso, e apenas pude comprovar sobre a qualidade e o caráter desse jogador. Gostaria de trabalhar mais tempo com ele, mas não foi possível. Desejo felicidade para o Dedé e para o Vasco, porque todos merecem”.

Sem lamentar as perdas recentes de Dedé e também de Carlos Alberto, Autouri comemorou a contratação do meio-campista Allison, o primeiro de três jogadores que serão cedidos pelo Cruzeiro ao Vasco, e espera receber um “homem gol”, de preferência Wellington Paulista, que atualmente está emprestado e sem receber oportunidades no West Ham, da Inglaterra.

“Wellington Paulista é um cara que faz gol. Temos carência grande nessa posição, e se ele estiver a fim de vir podemos pensar nisso. Mas, veja só, vão chegar os jogadores que nós queremos”, avisou Autuori, garantindo que cada contratação deve ser aprovada por unanimidade entre ele, o diretor técnico Ricardo Gomes e o diretor executivo René Simões.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade